TUA VISITA ME FAZ FELIZ

3000 postagens neste blog

3000 postagens neste blog
Search this blog - pesquisa por título

ARTE É VIDA

ARTE É VIDA
"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em meio à aridez dos sonhos desfeitos. Que haja força para reconstruirmos os alicerces dos sonhos eternizados na verdade de nosso coração. Que nesta senda nos seja permitido estar em aliança com nossos Irmãos de Luz e que sejamos a personificação do Amor."

NESTE BLOG - 3000 POSTAGENS - POSTS DESDE O ANO DE 2006

Aqui em 'Arte é Vida', você é o principal personagem deste roteiro de músicas, de paz e amor. Obrigada pela sua presença, é valiosa para mim, se quiser, deixe sua mensagem em meu livro de visitas, abraços, Sandra

Search This Blog-pesquise aqui todo o conteúdo deste blog- 3000 postagens- só pesquisar e clicar

Sandra Waihrich Tatit

Sandra Waihrich Tatit
"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em meio à aridez dos sonhos desfeitos. Que haja força para reconstruirmos os alicerces dos sonhos eternizados na verdade de nosso coração. Que nesta senda nos seja permitido estar em aliança com nossos Irmãos de Luz e que sejamos a personificação do Amor."

BIOGRAFIA I

Sandra Waihrich Tatit
Aniversário: 11 de Fevereiro
Signo astrológico: Aquário
Atividades: Direito , Literatura , Música e Educação
Profissão: Advogada
Local: Júlio de Castilhos : Rio Grande do Sul : Brasil
Clip de áudio
Quem sou eu
NASCI EM JÚLIO DE CASTILHOS, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL.
MÃE DE TRÊS FILHOS, RUBENS, RUSSAIKA E ANGELA. FILHA DE RUBENS CULAU TATIT E CLÉLIA WAIHRICH TATIT.
SOU ADVOGADA, CURSEI DIREITO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL.
CULTIVO A ARTE COMO UMA LIBERTAÇÃO, PIANO, VIOLÃO, CANTO E LITERATURA.
INTEGREI O CORAL DA UNIVERSIDADE.
LIVRO DE ARTE PUBLICADO, "UMA NOVA DIMENSÃO DA ARTE NA EDUCAÇÃO".
CURSEI PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO LATU SENSU.
VEJO A ARTE COMO UMA LIBERTAÇÃO DO SER HUMANO, UMA TERAPIA QUE AMENIZA OS SOFRIMENTOS DO COTIDIANO.
A MÚSICA É A HARMONIA DO HOMEM, A LINGUAGEM DO UNIVERSO.
INTERPRETO PIANO E VIOLÃO, APRECIO CANTAR.
POSSUO COMPOSIÇÕES MUSICAIS, PARA PIANO E VIOLÃO.
NA EUROPA, CONHECI UM POUCO DA HISTÓRIA DA ARTE, ESPECIALMENTE NA ITÁLIA.
DIZ GANDHI, "PRECISAMOS SER AS MUDANÇAS QUE QUEREMOS VER NO MUNDO".
SOU DO SIGNO DE AQUÁRIO, ACREDITO NA ASTROLOGIA E SUA INFLUÊNCIA EM NOSSA VIDA E PERSONALIDADE.
PRETENDO ESCREVER AQUI NO BLOG, SOBRE DIVERSOS TEMAS E POESIAS, TAMBÉM PUBLICAR TEXTOS RELEVANTES DE OUTROS AUTORES.
ESCREVO POEMAS, É UMA FORMA DE DAR MAIS LEVEZA À VIDA. PREGO A ARTE COMO UMA UMA VIDA DENTRO DA PRÓPRIA VIDA QUE SE ETERNIZA PELO ESPÍRITO, UMA LINGUAGEM UNIVERSAL.
UM TRIBUTO A CAMÕES NESTA FRASE ,"CESSA TUDO QUANTO A MUSA CANTA QUANDO UM PODER MAIS ALTO SE AGIGANTA."
Interesses:
ARTE E MÚSICA
DIREITO E EDUCAÇÃO .
Filme favorito
"FREUD ALÉM DA ALMA".
Música favorita
A CLÁSSICA " SONATA AO LUAR " DE BEETHOVEN.
Livros favoritos
" O PROFETA " DE GIBRAN KHALIL GIBRAN . GOSTO MUITO DE LITERATURA ORIENTAL. "OS HETERÔNIMOS" DE FERNANDO PESSOA (Poeta Português). OS POEMAS DE NOSSO POETA OLAVO BILAC
ME FASCINAM
COMO "A VIA LÁCTEA E BENEDITICE". CECÍLIA MEIRELES E LYA LUFT
MINHAS GRANDES MUSAS DA POESIA . "O ATENEU" DE RAUL POMPÉIA . A "DIVINA COMÉDIA" DE DANTE ALIGHIERI
"DON QUIXOTE DE LA MANCHA"
DE MIGUEL DE CERVANTES. QUERO RENDER UM TRIBUTO À MAGISTRAL LITERATURA DE CAMÕES EM " OS LUSÍADAS . "

SEJAM BEM VINDOS AMIGOS!


Arte é Vida e Educação

"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em

"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em

BIOGRAFIA II

Sobre Mim
Advogada
Universidade Federal de
Santa Maria

Brazil

Artes
Música-Piano-Violão
Literatura

ARTE É VIDA
A Arte é Linguagem Universal

•*¨*•♫♪•♫♪•♥♫•*¨*•♫♪•♫♪•♥
•*¨*•♫♪•♫♪•♥♫•*¨*•

Advogada
Produtora Rural
Agropecuária - Agronegócios
Arte-Música - Piano Violão e Literatura
Aprecio as pessoas transparentes e verdadeiras. As relações humanas me cativam, direito, justiça e paz
são minhas trajetórias de vida, ajudar o ser humano o máximo que me seja permitido, sentindo a beleza de minha vocação e o apelo do mundo atual à disponibilidade de minhas energias. Meu primeiro livro publicado 'Uma Nova Dimensão da Arte na Educação'. Na Europa conheci a História da Arte. Na Itália, França. Espanha, Alemanha, Holanda, Bélgica, Áustria e Suiça. Cursos e estudos na área artística e 'História da Arte'.
Sou membro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Estado do Rio Grande do Sul.
Cursei a Escola Superior do Ministério Público e Pós Graduação em Educação Latu Sensu, minha tese foi sobre a Arte e a sua Dimensão no Ensino. Possuo composições musicais de minha autoria, música e letra.
Também alguns vídeos, os quais se encontram no youtube. Mensagens que circulam na internet, formatadas e sonorizadas. Músicas gravadas em seleção e editadas, para sites ou audiência .
Sou funcionária pública do Estado do Rio Grande do Sul.
Brasil.
Creio na Educação como a forma de melhorar o mundo e o ser humano, a Arte na Educação, como uma libertação e incentivo à aprendizagem mais eficiente. Na Arte Terapia, como forma de cura e amenização de conflitos existenciais. Na música, como a Linguagem Universal. Arte Pura como uma vida dentro da própria vida, se eternizando pelo Espírito.
Os artistas são as antenas da raça humana, eles auscultam e pressentem o porvir. Arte é Vida.
Sou mãe de três filhos, Rubens, Russaika e Angela.

'Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita.Tem o peso de uma lembrança.Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros'.
Clarice Lispector

UMA INTENSA LUZ ATRAVESSA O SILÊNCIO DA VOZ QUE CALA...

Status de relacionamentoDivorciada

Informações de contato: swrichtat@terra.com.br

Endereço
  • Santa Maria, Brazil

Site

E-mail
  • swrichtat@terra.com.br

Facebookfacebook.com/sandra.waihrichtatit

ARTE É INSPIRAÇÃO E EMOÇÃO

ARTE É INSPIRAÇÃO E EMOÇÃO

DIVINA MÚSICA

Divina Música!
Filha da Alma e do Amor.
Cálice da amargura
E do Amor.
Sonho do coração humano,
Fruto da tristeza.
Flor da alegria, fragrância
E desabrochar dos sentimentos.
Linguagem dos amantes,
Confidenciadora de segredos.
Mãe das lágrimas do amor oculto.
Inspiradora de poetas, de compositores
E dos grandes realizadores.
Unidade de pensamento dentro dos fragmentos
Das palavras.
Criadora do amor que se origina da beleza.
Vinho do coração
Que exulta num mundo de sonhos.
Encorajadora dos guerreiros,
Fortalecedora das almas.
Oceano de perdão e mar de ternura.
Ó música.
Em tuas profundezas
Depositamos nossos corações e almas.
Tu nos ensinaste a ver com os ouvidos
E a ouvir com os corações.

Gibran

MEUS BLOGS / SITES


MINHA PÁGINA NO FACEBOOK
facebook.com/sandra.waihrichtatit

CAMINHOS DA ARTE
http://sandrawaihrich.blogspot.com/

MEUS POEMAS DE IMPROVISO
http://aquariussandra.blogspot.com/

CAMINHOS SUBLIMES
http://caminhossublimes.blogspot.com/

EDUCACIÓN POR EL ARTE-MEU NOVO LIVRO
http://wwweducacionporelarte.blogspot.com/

BLOG TERRA
http://sandra737.blog.terra.com.br/

ARTE É VIDA
http://www.sandrawaihrichtatit.blogspot.com/

MEUS RETALHOS DE VIDA
http://meusretalhosdevida.blogspot.com/

VÓ NEZA
http://voneza.blogspot.com/

MINHAS LÁGRIMAS CONTIDAS
http://minhaslagrimascontidas.blogspot.com/

NOSSA GRUTA PREFERIDA
http://nossagrutapreferida.blogspot.com/

VÍDEOS E SLIDES
http://textossandravideos.blogspot.com/

ASTROLOGIA
http://aquarius-gemini.blogspot.com/

MY LIFE IS MADE OF MOMENTS
http://sandramoments.blogspot.com/

FAZENDA DO HERVAL
http://agropecuariagirassois.blogspot.com/

SINFONIA DE SENSUALIDADE
http://sinfoniadesensualidade.blogspot.com/

MSN SPACES LIVE
http://rurusan.spaces.live.com/

POESIAS E BIOGRAFIAS
ESSÊNCIA POÉTICA

MEU TWITTER
http://twitter.com/sandrawaihrich/

ESTATÍSTICAS
http://www.geovisite.com/pt/directory/artes_musica.php

DESABAFOS
http://whaareyoudoing.blogspot.com/

SITE 1oo CANAIS DE JORNALISMO INDEPENDENTE
http://100canais.ning.com/profile/SandraWaihrichTatit

SITE VERSO E PROSA
http://versoeprosa.ning.com/profile/SandraWaihrichTatit

EDUCADORES DO BRASIL
http://educadoresdobrasil.ning.com/

MY FACEBOOK
http://pt-br.facebook.com/people/Sandra-Waihrich-Tatit/100000404958625

E-MAIL PARA CONTATO
swrichtat@terra.com.br

MEU NOVO LIVRO DE VISITAS-ASSINAR
http://users3.smartgb.com/g/g.php?a=s&i=g35-65896-01

POLÍTICA SEM ÉTICA
www.politicasemetica.blogspot.com

DIGITAL ART

DIGITAL ART
"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em meio à aridez dos sonhos desfeitos. Que haja força para reconstruirmos os alicerces dos sonhos eternizados na verdade de nosso coração. Que nesta senda nos seja permitido estar em aliança com nossos Irmãos de Luz e que sejamos a personificação do Amor."

GUESTBOOK - SIGN HERE

GUESTBOOK - SIGN HERE
"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em meio à aridez dos sonhos desfeitos. Que haja força para reconstruirmos os alicerces dos sonhos eternizados na verdade de nosso coração. Que nesta senda nos seja permitido estar em aliança com nossos Irmãos de Luz e que sejamos a personificação do Amor."

CLIQUE NA ROSA PARA ASSINAR MEU LIVRO DE PRESENÇAS

CLIQUE NA ROSA PARA ASSINAR MEU LIVRO DE PRESENÇAS
FELIZ COM TUA VISITA

UMA INTENSA LUZ ATRAVESSA O SILÊNCIO DA VOZ QUE CALA

UMA INTENSA LUZ ATRAVESSA O SILÊNCIO DA VOZ QUE CALA
Grandes verdades são traduzidas pelo silêncio

ARTE É LIBERDADE

A OBRA DE ARTE É O EFÊMERO QUE SE TORNA IMORTAL

A OBRA DE ARTE É O EFÊMERO QUE SE TORNA IMORTAL
"Os Artistas são as antenas da raça humana, eles auscultam e pressentem o porvir" ... Ezra Pound

REGISTRAS TUA PRESENÇA CLICANDO NA ROSA

ARTE É AMOR E LUZ

A música é a linguagem dos espíritos. Khalil Gibran

A música é a linguagem dos espíritos. Khalil Gibran
Na dimensão daquilo que pensamos ou sentimos não há lugar ou tempo definidos ...

ARTE É VIDA

ARTE É VIDA
ARTE É VIDA E AMOR

MEU NOVO LIVRO DE VISITAS

NEW MAP-MAPA DE VISITANTES ON LINE

VISITAS ON LINE

CORAGEM DE SONHAR

"O mundo está nas mãos daqueles que têm a coragem de sonhar e correr o risco de viver seus sonhos"
Paulo Coelho

AMIZADE NOSSO BEM MAIOR

AMIZADE NOSSO BEM MAIOR

AMIGOS SEGUIDORES DO BLOG ARTE É VIDA - FALLOWERS

"Tudo quanto vive, vive porque muda; muda porque passa; e, porque passa, morre. Tudo quanto vive perpetuamente se torna outra coisa, constantemente se nega, se furta à vida."
Fernando Pessoa.

'Não queremos perder, nem deveríamos perder: saúde, pessoas, posição, dignidade ou confiança. Mas perder e ganhar faz parte do nosso processo de humanização'

Lya Luft


ARTE É VIDA - TRADUTOR

ARTE É VIDA - TRADUTOR
TRADUTOR INSTANTÂNEO-52 IDIOMAS-clique no livro acima

PAIXÃO E SILÊNCIO

PAIXÃO E SILÊNCIO
Blog Sinfonia de Sensualidade

CORAÇÃO E PAIXÃO

CORAÇÃO E PAIXÃO
" A Paixão, que não seja imortal posto que é chama, mas que seja eterna enquanto dure." Vinícios de Moraes

ARTE É VIDA 300..000 VISITAS - NEW POSTS

ARTE É VIDA 300..000 VISITAS - NEW POSTS

ARTE É VIDA E LUZ

ARTE É VIDA E LUZ

PLANTE AQUILO QUE DESEJA COLHER

PLANTE AQUILO QUE DESEJA COLHER
SANDRA WAIHRICH TATIT - NOVAS POSTAGENS - NEW POSTS

Tuesday, March 31, 2009

*** SEJA FORTE *** do livro "Gotas de Esperança"

Seja Forte
Lourival Lopes
Do livro "Gotas de Esperança"

Não se dobre às adversidades.
A tempestade, as dores, as decepções,
as amarguras passam.
Às vezes você pensa que está num beco sem saída,
que as coisas caminharão para o pior
e que só lhe resta esperar abatimento,
tristeza e doença.
Mas as situações e os acontecimentos mudam
de um momento para outro.
A tristeza transforma-se em alegria,
o abatimento vira ânimo, a doença desaparece,
a turbulência converte-se em paz
e a derrota em vitória.
Levante a bandeira da esperança.
Examine o que fazer,
eleve o pensamento a Deus e acredite
que as transformações são possíveis,
que as coisas mudam.
Não dê ouvidos ao derrotismo,
à descrença, ao pessimismo.
Encha o peito de confiança nas suas qualidades
e no poder divino.
Toda tempestade passa.
A tempestade passa depressa
quando você vê nela um ensinamento.

Castelo dos Sonhos
31 Março 2009

Monday, March 30, 2009

*** UMA VEZ MAIS ÀS VÉSPERAS DE UMA PÁSCOA , NOSSO PENSAMENTO E NOSSA EMOÇÃO MANIFESTAM NOSSA SENSIBILIDADE PSÍQUICA , BUSCANDO SIGNIFICADOS ***

Eis-nos, uma vez mais, às vésperas de mais uma Páscoa. Nosso pensamento e nossa emoção, ambos cristãos, manifestam nossa sensibilidade psíquica. Deixando de lado o apelo comercial da data, e o caráter de festividade familiar, a exemplo do Natal, nossa atenção e consciência espíritas requerem uma explicação plausível do significado da data e de sua representação perante o contexto filosófico-científico-moral da Doutrina Espírita.
Deve-se comemorar a Páscoa? Que tipo de celebração, evento ou homenagem é permitida nas instituições espíritas? Como o Espiritismo visualiza o acontecimento da paixão, crucificação, morte e ressurreição de Jesus? Em linhas gerais, as instituições espíritas não celebram a Páscoa, nem programam situações específicas para “marcar” a data, como fazem as demais religiões ou filosofias “cristãs”. Todavia, o sentimento de religiosidade que é particular de cada ser-Espírito, é, pela Doutrina Espírita, respeitado, de modo que qualquer manifestação pessoal ou, mesmo, coletiva, acerca da Páscoa não é proibida, nem desaconselhada.
O certo é que a figura de Jesus assume posição privilegiada no contexto espírita, dizendo-se, inclusive, que a moral de Jesus serve de base para a moral do Espiritismo. Assim, como as pessoas, via de regra, são lembradas, em nossa cultura, pelo que fizeram e reverenciadas nas datas principais de sua existência corpórea (nascimento e morte), é absolutamente comum e verdadeiro lembrarmo-nos das pessoas que nos são caras ou importantes nestas datas. Não há, francamente, nenhum mal nisso. Mas, como o Espiritismo não tem dogmas, sacramentos, rituais ou liturgias, a forma de encarar a Páscoa (ou a Natividade) de Jesus, assume uma conotação bastante peculiar. Antes de mencionarmos a significação espírita da Páscoa, faz-se necessário buscar, no tempo, na História da Humanidade, as referências ao acontecimento.
A Páscoa, primeiramente, não é, de maneira inicial, relacionada ao martírio e sacrifício de Jesus. Veja-se, por exemplo, no Evangelho de Lucas (cap. 22, versículos 15 e 16), a menção, do próprio Cristo, ao evento: “Tenho desejado ansiosamente comer convosco esta Páscoa, antes da minha paixão. Porque vos declaro que não tornarei a comer, até que ela se cumpra no Reino de Deus.” Evidente, aí, a referência de que a Páscoa já era uma “comemoração”, na época de Jesus, uma festa cultural e, portanto, o que fez a Igreja foi “aproveitar-se” do sentido da festa, para adaptá-la, dando-lhe um novo significado, associando-o à “imolação” de Jesus, no pós-julgamento, na execução da sentença de Pilatos.
Historicamente, a Páscoa é a junção de duas festividades muito antigas, comuns entre os povos primitivos, e alimentada pelos judeus, à época de Jesus. Fala-se do “pesah”, uma dança cultural, representando a vida dos povos nômades, numa fase em que a vinculação à terra (com a noção de propriedade) ainda não era flagrante. Também estava associada à “festa dos ázimos”, uma homenagem que os agricultores sedentários faziam às divindades, em razão do início da época da colheita do trigo, agradecendo aos Céus, pela fartura da produção agrícola, da qual saciavam a fome de suas famílias, e propiciavam as trocas nos mercados da época. Ambas eram comemoradas no mês de abril (nisan) e, a partir do evento bíblico denominado “êxodo” (fuga do povo hebreu do Egito), em torno de 1441 a.C., passaram a ser reverenciadas juntas. É esta a Páscoa que o Cristo desejou comemorar junto dos seus mais caros, por ocasião da última ceia. Logo após a celebração, foram todos para o Getsêmani, onde os discípulos invigilantes adormeceram, tendo sido o palco do beijo da traição e da prisão do Nazareno.
BLOGAGEM COLETIVA DA PÁSCOA CONTINUAÇÃO
A Páscoa, em verdade, pela interpretação das religiões e seitas tradicionais, acha-se envolta num preocupante e negativo contexto de culpa. Afinal, acredita-se que Jesus teria padecido em razão dos “nossos” pecados, numa alusão descabida de que todo o sofrimento de Jesus teria sido realizado para “nos salvar”, dos nossos próprios erros, ou dos erros cometidos por nossos ancestrais, em especial, os “bíblicos” Adão e Eva, no Paraíso. A presença do “cordeiro imolado”, que cumpre as profecias do Antigo Testamento, quanto à perseguição e violência contra o “filho de Deus”, está flagrantemente aposta em todas as igrejas, nos crucifixos e nos quadros que relatam – em cores vivas – as fases da via sacra. Esta tradição judaico-cristã da “culpa” é a grande diferença entre a Páscoa tradicional e a Páscoa espírita, se é que esta última existe. Em verdade, nós espíritas devemos reconhecer a data da Páscoa como a grande – e última lição – de Jesus, que vence as iniqüidades, que retorna triunfante, que prossegue sua cátedra pedagógica, para asseverar que “permaneceria eternamente conosco”, na direção bussolar de nossos passos, doravante.
Nestes dias de festas materiais e/ou lembranças do sofrimento do Rabi, possamos nós encarar a Páscoa como o momento de transformação, a Vera evocação de liberdade, pois, uma vez despojado do envoltório corporal, pôde Jesus retornar ao Plano Espiritual para, de lá, continuar “coordenando” o processo depurativo de nosso orbe. Longe da remissão da celebração de uma festa pastoral ou agrícola, ou da libertação de um povo oprimido, ou da ressurreição de Jesus, possa ela ser encarada por nós, espíritas, como a vitória real da vida sobre a morte, pela certeza da imortalidade e da reencarnação, porque a vida, em essência, só pode ser conceituada como o amor, calcado nos grandes exemplos da própria existência de Jesus, de amor ao próximo e de valorização da própria vida.
Nesta Páscoa, quando estiveres junto aos teus mais caros, lembra-te de reverenciar os belos exemplos de Jesus, que o imortalizam e que nos guiam para, um dia, também estarmos na condição experimentada por ele, qual seja a de “sermos deuses”, “fazendo brilhar a nossa luz”. Comemore, então, meu amigo, uma “outra” Páscoa. A sua Páscoa, a da sua transformação, rumo a uma vida plena.
Fonte de Pesquisa: Internet

Sunday, March 29, 2009

*** SIEMPRE CON DIOS ***

Siempre con Dios

Acuérdate de Dios para que sepas agradecer los talentos de la vida.
Si te encuentras cansado, piensa en Él, el Eterno Padre que jamás descansa. Como nos enseñó el mismo Jesús, el Padre trabaja constantemente.
Si te encuentras triste, eleva a Dios tus sentimientos, meditando en la alegría solar con la que, todas las mañanas, la Infinita Bondad del Padre disuelve las tinieblas, anunciando un día nuevo de oportunidades.
Si estás enfermo piensa en como Dios, en Su compasión y equilibrio, reajusta las escenas de la naturaleza. Piensa en como, después de la tempestad, que arranca centenares de árboles y destruye montañas, todo se vuelve a serenar.
Si te sientes incomprendido, inclusive así vuélvete hacia Dios. Él, el Eterno Donante de todas las bendiciones, cuantas veces es incomprendido por las criaturas que creó y sustenta. Igualmente así, Su paciencia inagotable no desanima, aguardando que nos decidamos a abandonar nuestras imperfecciones.
Si te sientes humillado, entrega a Dios los dolores de tu sensibilidad herida o del orgullo menospreciado, reflexionando en el anonimato como Él que esconde Su inmensa grandeza, sirviéndonos todos los días.
Si te sientes solito, busca la compañía sublime de Dios en la persona de aquellos que siguen en la retaguardia, tambaleantes de sufrimiento.
Los más solitarios que tú, los que se encuentran en pruebas más difíciles que las tuyas. Busca a aquellos que la miseria encara en todas las horas y necesitan de tu ayuda para matar el hambre, la sed, calmar el dolor.
Sal de tí mismo y búscalos. Ellos se encuentran en las favelas, en las plazas, en los hospitales, en los asilos, en las prisiones. Talvez, a tu lado, como los familiares te esperan con un gesto de cariño, una palabra amiga, un poco de atención.
Si estás afligido, confía a Dios tus ansiedades. HáblaLe de todo aquello que te pasa en la intimidad y en Él, que es el Amor, todas tus tormentas habrán de calmarse.
En fin, sea cual fuere la dificultad, recuerda al Todo Misericordioso que no nos olvida.
En la oración habrás de encontrar la fuerza a fin de que te yergas y superes los problemas, pequeños o grandes que te estén martirizando.
En la oración, que es ruta de luz, no habrá de faltarte el ánimo para enfrentar un vez más este día, con coraje, buen ánimo y alegría, porque, a fin de cuentas, día como este nunca hubo y ni habrá igual.
* * *
En la vida, auxilia a cuantos puedas. Haz el bien sin mirar a quien.
Imagina que eres el labrador y tu prójimo es el campo. Tú plantas y el otro produce. Tú eres el granero, el otro es el cliente.
Si deseas seguir hacia Dios, piensa que entre Dios y tú mismo, el prójimo es el puente.
El Creador atiende a las criaturas a través de las criaturas.
Por eso mismo, es preciso vivir y servir.
Redacción del Momento Espírita basado en los cap. 13 y 19 del libroO Espírito da verdade, por diversos Espíritus, psicografia de Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira, ed. Feb.Em 16.02.2009.

Saturday, March 28, 2009

*** O ESFORÇO QUE COMPENSA ***


O esforço que compensa

O esforço constitui uma realidade sempre presente na vida humana.
Sempre que se trata de realizar alguma conquista, ele se faz necessário.
Qualquer que seja a área da atividade, realizações não surgem do nada.
Os atletas que encantam por suas habilidades têm um histórico de treinos exaustivos.
O sucesso no vestibular pressupõe intensa preparação.
Na faculdade, a obtenção do sonhado diploma exige dedicação e renúncias.
A conquista de uma boa situação profissional também requer muito esforço e persistência.
Quem deseja adquirir bens de valor, e não dispõe da quantia necessária, igualmente se dispõe a ingentes sacrifícios.
Muitos multiplicam horas extras, trabalham nos finais de semana ou mantêm dois ou três empregos para melhorar a própria situação financeira.
Mas ninguém considera tais sobrecargas como um mal ou um castigo.
As lutas e renúncias envolvidas na conquista do que se almeja são encaradas de forma positiva, por mais desgastantes que se apresentem.
Entende-se que conquistas relevantes pressupõem algum esforço.
É preciso sair da zona de conforto e fazer algumas renúncias para ver os próprios projetos realizados.
Trata-se da tranquila aceitação de um aspecto da lei do mérito que rege o Universo.
Apenas convém ampliar o alcance dessa aceitação.
Urge compreender que o esforço também constitui combustível imprescindível em termos de evolução espiritual.
Sem esforço, o ser permanece como sempre foi.
Para seguir adiante, é preciso empenho.
As conquistas materiais são respeitáveis e correspondem a aspectos importantes da vida humana.
Na luta por títulos acadêmicos, boa situação profissional ou mesmo por bens, a inteligência e a vontade se desenvolvem.
Contudo, por importante que seja o que se logrou obter em termos humanos e materiais, isso inevitavelmente ficará para trás.
Tudo o que é material é passageiro e precário.
Ninguém logrará levar seus títulos e posses no retorno à Pátria espiritual.
Mas os tesouros espirituais, esses jamais se perdem.
Bondade, pureza, amor ao trabalho, honestidade, humildade, paciência e capacidade de perdoar são conquistas imperecíveis.
Quem conseguir incorporá-las em seu ser jamais deixará de possuí-las.
O homem virtuoso leva em seu íntimo um tesouro de paz para onde quer que vá.
Por certo é necessário esforçar-se para ser digno e bondoso, notadamente em um mundo ainda marcado pela corrupção.
Entretanto, esse esforço realmente compensa.
Afinal, ele viabiliza deixar para trás as experiências dolorosas inerentes aos estágios mais primários da evolução.
Pense nisso!

Redação do Momento Espírita

Friday, March 27, 2009

*** REFÉM DE MIM *** Zena Maciel

Refém de Mim
Zena Maciel

Visto-me de sombras.
Faço-me refém de mim
Aceito o convite do silêncio
Sigo em passos lentos para não incomodar a vida.
Assusto-me com os sentimentos
Não entendo a euforia das fantasias,
nem a hipocrisia da poesia.
Espanto-me com a palidez da tristeza.
Ruborizo-me com os escândalos da alegria
Despeço-me dos sonhos
Olho de soslaio a ilusão.
Pelas ruas da solidão,encontro a saudade embriagada.
Já não vejo nada.
Olhos cegos de esperança
Choro diante do funeral do amor.
Com as mãos da dor,rezo um terço de lágrimas.
Prendo os pensamentos nos conveses do tempo.
Tempo que ficou em mim sem nunca ter sido e nem amanhecido.
Fecho a cortina do dia.
Adormeço no colo da noite,
sem vontade de acordar.
Zena Maciel
Recife-Pe


*** ACERTO DE CONTAS ***

Acerto de Contas

O Espiritismo ensina que as Leis Divinas encontram-se inscritas na Natureza e na consciência de cada Espírito.
Quem se dedica a observar o mundo que o cerca, consegue assimilar o teor de tais Leis.
Entretanto, o guia mais seguro é a consciência.
Durante um tempo, o egoísmo logra turvar a percepção do estatuto Divino.
O egoísmo origina-se da identificação com a matéria.
Quanto mais sintonizado com os prazeres materiais, mais dificuldade tem o homem em ser abnegado.
Nos círculos inferiores da vida, o egoísmo representa condição de sobrevivência.
Os seres irracionais ocupam-se apenas com sua manutenção.
Quando famintos, os animais carnívoros simplesmente caçam e matam.
Se não forem hábeis e insensíveis à dor da presa, eles e seus filhotes morrem.
Um egoísmo muito marcante constitui sinal de pouca evolução.
Quem só consegue pensar no próprio bem-estar assemelha-se às feras da Natureza.
O mundo gira em redor de seu umbigo e ele não se incomoda em causar dores e desgraças aos semelhantes.
Entretanto, os Espíritos são dotados de liberdade, consciência e vontade.
Conseqüentemente, respondem por seus atos.
Nenhum ser pode dar o que não tem.
Não se esperam ações éticas de animais, pois isso está além de sua capacidade.
Mas os homens têm condições de agir com base em parâmetros éticos.
Justamente por isso, seus atos não podem ser ditados exclusivamente pelo interesse pessoal.
Os eventos dolorosos da Natureza, como a dor, a doença e a morte, são universais.
Ninguém escapa de experimentá-los, em maior ou menor grau.
A inteligência humana possibilita assimilar a essencial igualdade de todos os homens.
Essa similaridade demonstra que ser solidário é um dever elementar em face da vida.
Com o passar dos séculos, gradualmente o Espírito se compenetra dessa realidade.
Tudo o que se refere à matéria é passageiro.
Entretanto, ele possui uma consciência que sempre o acompanha.
Cada dor deliberadamente causada ao próximo nela está registrada.
As leviandades, as humilhações infligidas, tudo isso gera dor e arrependimento.
Quanto mais vivido e experiente, mais responsável é o Espírito.
Chega um momento em que o ser espiritual se desgosta do mal.
Farto de erros e baixezas, ele decide trabalhar pelo próprio aperfeiçoamento.
Então, prepara para si encarnações nas quais possa se recompor com o passado.
Não mais se preocupa com facilidades materiais.
Riqueza, beleza e poder já não lhe interessam.
Quando assume elevadas posições é apenas no intuito de melhor trabalhar para o semelhante.
O que conta mesmo é a perspectiva de se recompor perante as Leis Divinas.
À medida que perde o gosto pelas coisas materiais, o egoísmo o abandona.
Desembaraçado de preocupações mesquinhas, caminha vigorosamente para a libertação e a transcendência.
Dificuldades não o assustam, pois sua meta é elevada e sua esperança no futuro é infinita.
* * *
Se você enfrenta graves problemas e dores, talvez tenha chegado o momento de seu acerto de contas.
Não complique a sua programada recuperação espiritual com preguiça e revolta.
Consciente da transitoriedade da vida na Terra, dedique-se a conquistar o que é permanente.
Combata seu egoísmo e esforce-se por agir no bem com desinteresse.
A melhor forma de ser feliz é cuidar da felicidade do próximo.
Pense nisso.
Equipe de Redação do Momento Espírita.

Wednesday, March 25, 2009

*** NOSSA DANÇA NO COTIDIANO ***

FICA CONTENTE
Fica contente, tua respiração é presente.Teus dons banham tua consciência e a luz, a luz brilha apesar da tua resistência, apesar do teu apego às criações que tu mesmo inventaste.Quando desejares, poderás dar início ao teu despertar.Tudo está pronto, apenas no aguardo da tua vontade.E quando te decidires, sentirás quão importante foi ter vivido tudo que viveste...Todas as confusões, todas as ilusões...Sim, cada uma serviu para clarear tua visão frente aos horizontes de luz que se estendem silenciosamente ao teu redor.Sim, cada uma delas serviu para calar as múltiplas vozes que ecoavam em tua mente, e através do silêncio encontrar o conhecimento, a pureza, a tua inocência.Mas, não te prolongues. Se atento, basta uma vez para aprenderes com teus erros.Fica contente, a vida vai contigo assim como a chuva vai com os ventos.Fica contente, o amor vai contigo assim como as estrelas vão com o anoitecer.Não estás só, o Universo caminha contigo e, lado a lado, vai construindo teu despertar, tua mansa alegria e teu desprendimento para com as ilusões, restando somente a verdade, a chama sagrada, doce e pura, que sempre te pertenceu, sempre."

Tuesday, March 24, 2009

*** FRASES SOBRE A PAZ ***

Não existe um caminho para a paz; a paz é o caminho.(Mahatma Gandhi)

A justiça proporcionar-te-á a paz, mas também trabalhos.(Ramón Llull, escritor, filósofo, místico e missionário espanhol)

A humanidade não pode libertar-se da violência senão por meio da não-violência.(Mahatma Gandhi)

O segredo para viver em paz com todos consiste na arte de compreender cada um segundo a sua individualidade.(Federico Luis Jahn)

Aqueles que tornam impossível uma revolução pacífica tornam inevitável uma revolução violenta.(J. F. Kennedy)

Sei que a paz é mais difícil que a guerra. (Juscelino Kubitschek)

A paz vem de dentro de ti próprio, não a procures à tua volta.(Buda)

O mundo não está ameaçado pelas más pessoas, mas sim por aqueles que permitem a maldade.(Albert Einstein)

Discordo daquilo que dizes, mas defenderei até à morte o teu direito de o dizeres.(Voltaire)

Uma vez que as guerras nascem no espírito dos homens, é no espírito dos homens que se devem erguer as defesas da paz. (Archibald McLeish, poeta americano)

A cultura ajuda um povo a lutar com as palavras, em vez de o fazer com as armas.(Glugiermo Ferrero)

Aquilo que se obtém com violência só se pode conservar pela violência.(Mahatma Gandhi)

Sou um homem pacífico; Deus sabe quanto amo a paz. Porém, espero jamais ser tão covarde que confunda opressão com paz. (Kossuth)

"Podes ganhar a paz ou comprá-la; ganhá-la-ás, resistindo ao mal; comprá-la-ás, aceitando o compromisso com o mal."( John Ruskin )

"Até a paz pode ser comprada por preço alto demais."( Benjamin Franklin )

Monday, March 23, 2009

*** AS QUATRO ESTAÇÕES DA VIDA ***

As quatro estações da vida Você já notou a perfeição que existe na natureza? Uma prova incontestável da harmonia que rege a Criação. Como num poema cósmico, Deus rima a vida humana com o ritmo dos Mundos.Ao nascermos, é a primavera que eclode em seus perfumes e cores. Tudo é festa. A pele é viçosa. Cabelos e olhos brilham, o sorriso é fácil. Tudo traduz esperança e alegria.Delicada primavera, como as crianças que encantam os nossos olhos com sua graça. Nessa época, tudo parece sorrir. Nenhuma preocupação perturba a alma.A juventude corresponde ao auge do verão. Estação de calor e beleza, abençoada pelas chuvas ocasionais. O sol aquece as almas, renovam-se as promessas.Os jovens acreditam que podem todas as coisas, que farão revoluções no Mundo, que corrigirão todos os erros.Trazem a alma aquecida pelo entusiasmo. São impetuosos, vibrantes. Seus impulsos fortes também podem ser passageiros... Como as tempestades de verão.Mas a vida corre célere. E um dia – que surpresa – a força do verão já se foi.Uma olhada ao espelho nos mostra rugas, os cabelos que começam a embranquecer, mas também aponta a mente trabalhada pela maturidade, a conquista de uma visão mais completa sobre a existência. É a chegada do outono.Nessa estação, a palavra é plenitude. Outono remete a uma época de reflexão e de profunda beleza. Suas paisagens inspiradoras - de folhas douradas e céus de cores incríveis – traduzem bem esse momento de nossa vida.No outono da existência já não há a ingenuidade infantil ou o ímpeto incontido da juventude, mas há sabedoria acumulada, experiência e muita disposição para viver cada momento, aproveitando cada segundo.Enfim, um dia chega o inverno. A mais inquietante das estações. Muitos temem o inverno, como temem a velhice. É que esquecem a beleza misteriosa das paisagens cobertas de neve.Época de recolhimento? Em parte. O inverno é também a época do compartilhamento de experiências.Quem disse que a velhice é triste? Ela pode ser calorosa e feliz, como uma noite de inverno diante da lareira, na companhia dos seres amados.Velhice também pode ser chocolate quente, sorrisos gentis, leitura sossegada, generosidade com filhos e netos. Basta que não se deixe que o frio enregele a alma.Felizes seremos nós se aproveitarmos a beleza de cada estação. Da primavera levarmos pela vida inteira a espontaneidade e a alegria.Do verão, a leveza e a força de vontade. Do outono, a reflexão. Do inverno, a experiência que se compartilha com os seres amados.A mensagem das estações em nossa vida vai além. Quando pensar com tristeza na velhice, afaste de imediato essa idéia.Lembre-se que após o inverno surge novamente a primavera. E tudo recomeça.Nós também recomeçaremos. Nossa trajetória não se resume ao fim do inverno. Há outras vidas, com novas estações. E todas iniciam pela primavera da idade.Após a morte, ressurgiremos em outros planos da vida. E seremos plenos, seremos belos. Basta para isso amar. Amar muito.Amar as pessoas, as flores, os bichos, os Mundos que giram serenos. Amar, enfim, a Criação Divina. Amar tanto que a vida se transforme numa eterna primavera.
Redação do Momento Espírita.

Thursday, March 19, 2009

*** O SENTIDO DA PÁSCOA *** O que é a Páscoa para você ? ...

Eis-nos, uma vez mais, às vésperas de mais uma Páscoa. Nosso pensamento e nossa emoção, ambos cristãos, manifestam nossa sensibilidade psíquica. Deixando de lado o apelo comercial da data, e o caráter de festividade familiar, a exemplo do Natal, nossa atenção e consciência espíritas requerem uma explicação plausível do significado da data e de sua representação perante o contexto filosófico-científico-moral da Doutrina Espírita.
Deve-se comemorar a Páscoa? Que tipo de celebração, evento ou homenagem é permitida nas instituições espíritas? Como o Espiritismo visualiza o acontecimento da paixão, crucificação, morte e ressurreição de Jesus? Em linhas gerais, as instituições espíritas não celebram a Páscoa, nem programam situações específicas para “marcar” a data, como fazem as demais religiões ou filosofias “cristãs”. Todavia, o sentimento de religiosidade que é particular de cada ser-Espírito, é, pela Doutrina Espírita, respeitado, de modo que qualquer manifestação pessoal ou, mesmo, coletiva, acerca da Páscoa não é proibida, nem desaconselhada.
O certo é que a figura de Jesus assume posição privilegiada no contexto espírita, dizendo-se, inclusive, que a moral de Jesus serve de base para a moral do Espiritismo. Assim, como as pessoas, via de regra, são lembradas, em nossa cultura, pelo que fizeram e reverenciadas nas datas principais de sua existência corpórea (nascimento e morte), é absolutamente comum e verdadeiro lembrarmo-nos das pessoas que nos são caras ou importantes nestas datas. Não há, francamente, nenhum mal nisso. Mas, como o Espiritismo não tem dogmas, sacramentos, rituais ou liturgias, a forma de encarar a Páscoa (ou a Natividade) de Jesus, assume uma conotação bastante peculiar. Antes de mencionarmos a significação espírita da Páscoa, faz-se necessário buscar, no tempo, na História da Humanidade, as referências ao acontecimento.
A Páscoa, primeiramente, não é, de maneira inicial, relacionada ao martírio e sacrifício de Jesus. Veja-se, por exemplo, no Evangelho de Lucas (cap. 22, versículos 15 e 16), a menção, do próprio Cristo, ao evento: “Tenho desejado ansiosamente comer convosco esta Páscoa, antes da minha paixão. Porque vos declaro que não tornarei a comer, até que ela se cumpra no Reino de Deus.” Evidente, aí, a referência de que a Páscoa já era uma “comemoração”, na época de Jesus, uma festa cultural e, portanto, o que fez a Igreja foi “aproveitar-se” do sentido da festa, para adaptá-la, dando-lhe um novo significado, associando-o à “imolação” de Jesus, no pós-julgamento, na execução da sentença de Pilatos.
Historicamente, a Páscoa é a junção de duas festividades muito antigas, comuns entre os povos primitivos, e alimentada pelos judeus, à época de Jesus. Fala-se do “pesah”, uma dança cultural, representando a vida dos povos nômades, numa fase em que a vinculação à terra (com a noção de propriedade) ainda não era flagrante. Também estava associada à “festa dos ázimos”, uma homenagem que os agricultores sedentários faziam às divindades, em razão do início da época da colheita do trigo, agradecendo aos Céus, pela fartura da produção agrícola, da qual saciavam a fome de suas famílias, e propiciavam as trocas nos mercados da época. Ambas eram comemoradas no mês de abril (nisan) e, a partir do evento bíblico denominado “êxodo” (fuga do povo hebreu do Egito), em torno de 1441 a.C., passaram a ser reverenciadas juntas. É esta a Páscoa que o Cristo desejou comemorar junto dos seus mais caros, por ocasião da última ceia. Logo após a celebração, foram todos para o Getsêmani, onde os discípulos invigilantes adormeceram, tendo sido o palco do beijo da traição e da prisão do Nazareno.
A Páscoa, em verdade, pela interpretação das religiões e seitas tradicionais, acha-se envolta num preocupante e negativo contexto de culpa. Afinal, acredita-se que Jesus teria padecido em razão dos “nossos” pecados, numa alusão descabida de que todo o sofrimento de Jesus teria sido realizado para “nos salvar”, dos nossos próprios erros, ou dos erros cometidos por nossos ancestrais, em especial, os “bíblicos” Adão e Eva, no Paraíso. A presença do “cordeiro imolado”, que cumpre as profecias do Antigo Testamento, quanto à perseguição e violência contra o “filho de Deus”, está flagrantemente aposta em todas as igrejas, nos crucifixos e nos quadros que relatam – em cores vivas – as fases da via sacra. Esta tradição judaico-cristã da “culpa” é a grande diferença entre a Páscoa tradicional e a Páscoa espírita, se é que esta última existe. Em verdade, nós espíritas devemos reconhecer a data da Páscoa como a grande – e última lição – de Jesus, que vence as iniqüidades, que retorna triunfante, que prossegue sua cátedra pedagógica, para asseverar que “permaneceria eternamente conosco”, na direção bussolar de nossos passos, doravante.
Nestes dias de festas materiais e/ou lembranças do sofrimento do Rabi, possamos nós encarar a Páscoa como o momento de transformação, a Vera evocação de liberdade, pois, uma vez despojado do envoltório corporal, pôde Jesus retornar ao Plano Espiritual para, de lá, continuar “coordenando” o processo depurativo de nosso orbe. Longe da remissão da celebração de uma festa pastoral ou agrícola, ou da libertação de um povo oprimido, ou da ressurreição de Jesus, possa ela ser encarada por nós, espíritas, como a vitória real da vida sobre a morte, pela certeza da imortalidade e da reencarnação, porque a vida, em essência, só pode ser conceituada como o amor, calcado nos grandes exemplos da própria existência de Jesus, de amor ao próximo e de valorização da própria vida.
Nesta Páscoa, quando estiveres junto aos teus mais caros, lembra-te de reverenciar os belos exemplos de Jesus, que o imortalizam e que nos guiam para, um dia, também estarmos na condição experimentada por ele, qual seja a de “sermos deuses”, “fazendo brilhar a nossa luz”. Comemore, então, meu amigo, uma “outra” Páscoa. A sua Páscoa, a da sua transformação, rumo a uma vida plena.

Fonte de Pesquisa: Internet

Wednesday, March 18, 2009

*** EU NÃO POSSO ACORDAR

Eu posso não acordar
Roma Ryan
Tradução: Luiza de Resende Braga
Quando o calor do dia se torna noite
Quem poderia dormir sob um luar estranho?
Nenhuma estrela guia.
Tão longe de casa.Percorri o caminho da promessa para encontrar apenas neve.
Por toda parte,
a voz dos ventos nada não traz além de que ecos imperceptíveis.
Tão longe de casa.
Até mesmo para uma criança
Um sonho não é suficiente.
Por mim, por mim o céu pode desabar.
E mesmo de uma criança
Um sonho não é suficiente.
Pode ser, pode ser que o céu venha a desabar.
Pode ser, pode ser que a noite acabe com tudo
Nenhuma chuva choraria como tenho chorado
Ao saber que um simples sonho não poderá ser mantido.
Eu sou uma criança
Tão longe de casa.
Um a um, desabam os céus
Eu posso não acordar.

Tuesday, March 17, 2009

*** Lua Linda , aquece a chama da prece de cada um para acender nossas vidas ***

Lua linda ,
ilumina minha calçada,
faz um caminho direto
para meu amor pisar e ir certinho
para meu coração.
Lua linda faz um foco no coração de meus amigos
para que possamos sempre
clarear nossas aflições.
Lua linda faz brilhar cada pedrinha deste chão,
para que eu tenha
minha meninice de volta,
pulando amarelinha.
Lua linda aquece a chama
da prece de cada um
para acender nossas vidas.

Castelo dos Sonhos

Sunday, March 15, 2009

*** O HOMEM E A MULHER *** do Poeta Victor Hugo , um tributo ao 'Dia do Poeta'

O Homem e A Mulher
O homem é a mais elevada das criaturas;
A mulher é o mais sublime dos ideais.
O homem é o cérebro;
A mulher é o coração.
O cérebro fabrica a luz;
O coração, o AMOR.
A luz fecunda, o amor ressuscita.
O homem é forte pela razão;
A mulher é invencível pelas lágrimas.
A razão convence, as lágrimas comovem.
O homem é capaz de todos os heroísmos;
A mulher, de todos os martírios.
O heroísmo enobrece, o martírio sublima.
O homem é um código;
A mulher é um evangelho.
O código corrige;
O evangelho aperfeiçoa.
O homem é um templo;
a mulher é o sacrário.
Ante o templo nos descobrimos;
Ante o sacrário nos ajoelhamos.
O homem pensa; a mulher sonha.
Pensar é ter , no crânio, uma larva;
Sonhar é ter , na fronte, uma auréola.
O homem é um oceano; a mulher é um lago.
O oceano tem a pérola que adorna;
O lago, a poesia que deslumbra.
O homem é a águia que voa;
A mulher é o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço;
Cantar é conquistar a alma.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra;
A mulher, onde começa o céu.


Victor Hugo (26 de fevereiro de 1802 - 22 de maio de 1885) foi um escritor francês, autor de Les Miserábles (Os Miseráveis).

Saturday, March 14, 2009

***DIREITOS HUMANOS DAS MULHERES ***

Últimas Notícias Jurídicas

CNJ - Conselheira do CNJ pede mais visibilidade da Lei Maria da Penha
Publicado em 13 de Março de 2009 às 10h09

A presidente da Comissão de Acesso à Justiça, Juizados Especiais e Conciliação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Andréa Pachá, pediu mais visibilidade à Lei Maria da Penha (11.340/2006). A solicitação foi feita nesta quarta-feira (11/03) durante a abertura do “I Seminário do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher: Uma Abordagem do Trabalho Sócio-Jurídico Realizado”. O evento foi promovido pelo Juizado da Mulher da Comarca de Fortaleza.
A conselheira chamou a atenção para necessidade do encorajamento das mulheres agredidas a denunciarem. “Não é possível se pensar em uma sociedade de direito onde o equilíbrio entre homens e mulheres não seja possível”, destacou. A conselheira ressaltou ainda que o Judiciário quer que a violência acabe. “Geralmente mulheres não querem seus companheiros presos, porque elas entendem que a prisão não é a melhor forma de resolver o problema”. No próximo dia 30, o CNJ promoverá em Brasília a 3ª Jornada de Trabalhos sobre a Lei Maria da Penha para avaliar a efetividade da aplicação da legislação.
A juiza titular do Juizado da Mulher da Comarca de Fortaleza, juíza Rosa Mendonça, falou sobre as medidas tomadas durante o atendimento à mulher no Juizado e lembrou ainda que a equipe multidisciplinar, formada por assistentes sociais, pedagogos e psicólogos é uma importante contribuição na orientação dessas mulheres. “Geralmente atendemos pessoas de baixa renda que, em sua maioria desconhecem seus direitos, não têm clareza sobre o que realmente é a Lei Maria da Penha. Com isso, a orientação que fazemos aqui através desses profissionais é muito importante para o andamento do processo de conscientização não só mulher, mas do homem também. O importante é denunciar porque o silêncio é o cúmplice da violência”, pontuou ela.
Finalizando o ciclo de palestras do I Seminário, a Juíza Federal Germana Moraes falou sobre os direitos humanos das mulheres, lembrando o caso que ficou famoso no cenário nacional da adolescente Eloá, que sofreu cárcere privado pelo namorado e findou sendo assassinada. A magistrada lembrou que “onde há medo não há dignidade e, onde não há dignidade não há amor”, citando que a cada quinze segundos uma mulher sofre algum tipo de violência no Brasil.

Fonte: Conselho Nacional de Justiça

*** É MELHOR LANÇAR-SE À LUTA ***

" É melhor lançar-se à luta , alcançar triunfo e glória mesmo expondo-se ao insucesso , do que formar fila com os pobres de espírito que não gozam muito nem sofrem muito , mas vivem numa penumbra cinzenta que não conhece vitória nem derrota "

Franklin Dellano Roosevelt , ex presidente dos EE UU da América

Friday, March 13, 2009

*** PUREZA ***

A pureza é uma virtude muito difícil de compreender. Segundo o dicionário, puro é o que é limpo, intocado, sem manchas ou máculas. Nesse sentido, pureza seria o estado de quem nunca foi tocado pelo mal, em qualquer de suas formas. A pureza teria de ser preservada desde a origem, pois qualquer mácula implicaria a sua perda. Em termos humanos, todos nasceriam puros e assim permaneceriam até que cometessem a primeira falta. Em tal acepção, o estado de pureza estaria para sempre perdido e fora do alcance da imensa maioria dos homens. Entretanto, Jesus afirmou a bem-aventurança dos puros de coração. Não é possível que a felicidade dos bem-aventurados seja restrita a uma ínfima minoria, pois o Cristo também disse que nenhuma de Suas ovelhas se perderia. Assim, o sentido da palavra pureza não pode se restringir à condição de alguém que nunca foi tocado pelo mal. O Espiritismo esclarece que todos os Espíritos são criados por Deus, simples e ignorantes. Gradualmente, à custa de suas experiências, eles desenvolvem os tesouros intelectuais e morais cujo princípio trazem no íntimo. São dotados de livre arbítrio, a fim de que optem pelos caminhos que lhes pareçam os melhores. Por vezes erram, em sua ignorância, mas os erros são apenas tropeços momentâneos na caminhada para a angelitude. Por conta da lei de harmonia e justiça que rege o Universo, todo equívoco deve ser reparado. Tem-se aí a liberdade com sua natural contra-parte, a responsabilidade. O erro é inerente ao processo de aprendizado. A perfeição é atributo dos anjos. Após incontáveis encarnações, os Espíritos desenvolvem todos os seus potenciais e se tornam infinitamente sábios e amorosos. É quando se tornam puros, pois livres de todos os vícios, não mais sujeitos a erros e intrinsecamente bondosos. A perfeita pureza não é algo com que se nasce e pode ser perdido ao menor deslize. Trata-se de um estado de consciência a ser construído ao longo de muitas experiências. Puro não é o ignorante da realidade da vida, mas o que muito conhece e opta pelo bem, pelo belo, pelo justo. A pessoa impura vê o mal em toda parte e tem prazer nele. Como exemplo é o caso de quem observa a conduta alheia sempre disposto a ver e alardear corrupção e leviandade. O severo censor do próximo muitas vezes apenas afecta uma pureza que não possui. Intensamente desejoso de fazer algumas coisas que reputa indignas, critica com violência quem as realiza. A luta por vencer os próprios vícios é dura e meritória. Ninguém advogará que a criatura viva o que considera errado. Apenas é necessário dar um passo além e se desenvencilhar emocionalmente do equívoco, para não mais gastar tempo na crítica gratuita à conduta alheia. Como não é ignorante, a pessoa pura identifica o mal onde realmente existe. Ela percebe e lamenta a desonestidade, o egoísmo, a perversão e a crueldade, mas não os valoriza. A pureza é algo a ser conquistado. Viver puramente é uma opção que se faz. Essa vivência implica luta e esforço, pois pressupõe abandonar maus hábitos e vencer paixões. Maria de Magdala é oportuno exemplo de pureza conquistada. Embora os grandes equívocos de seu passado, após conhecer Jesus passou a cultivar a pureza em sua vida. Trata-se de um eloquente símbolo da vitória da razão e da vontade sobre a paixão e os vícios. Assim, tornar-se puro é possível, basta querer. Pense nisso. Momento Espírita.

" Se chorares por perder a luz do sol as lágrimas te impedirão de ver estrelas ... "

Thursday, March 12, 2009

*** DOAÇÃO *** Poema de Nádya Haua , poetisa e querida amiga do Rio de Janeiro

Doação

Eu te dei meu coração
E com ele a razão
Existente em meu viver...
Eu te dei minha emoção
Sepultei minha ilusão
E sem mais, perdi você...

Nádya Haua
Simplesmente Poeta
http://www.simplesmente.poeta.nom.br/

*** OLHOS DE LUZ ***

De um jeito diferente ,
de um sentir estranho e de um sonho bom ... como o mar em minha frente , suas ondas se aproximam , trazem luzes tão profundas , é um brilho que acalma , que recorda , que exalta ... é uma dor que não machuca .O horizonte contempla o perfil daquela luz , que conduz , refaz e seduz , deixa sinais de verdades vividas , de sofridas vidas ... encantadas , amadas e desamadas . São olhos , são mar e são luar em seu eterno seduzir , seu brilho é fugaz e envolvente ... suas ondas se entrelaçam e falam de amores findos e iluminados , desamores frustrados e inacabados ... de sofrimentos superados , de espaços já galgados . Os sonhos surgem exaltados , sensualidade exacerbada penetra nas raízes , deixa sua marca , depois foge horizonte afora , sem hora e sem limite , voa na hora da chegada da onda esperada ... e a estrela destes olhos se revela iluminada . Quantas pessoas já se encantaram por esses olhos ...
tão acesos e serenos , pedaços de alma que acalmam ... refazem e conduzem , são olhos de luz!



Sandra Waihrich Tatit

Direitos Autorais Protegidos

Wednesday, March 11, 2009

** RECOMEÇAR É PRECISO... **

Recomeçar é preciso...
Letícia Thompson

Não sei dizer se a vida nos cansa ou
se nós é que nos sentimos fadigados às vezes da existência.
Nos repetimos sempre. Ou quase.
E nos lamentamos desse dia-a-dia onde nos levantamos,
trabalhamos, regressamos
e descansamos para no dia seguinte recomeçarmos.
Mas é essa a vida e muitos não aceitariam mudança nenhuma
se a oportunidade lhes fosse ofertada.
Ter que recomeçar alguma coisa abala muita gente,
pois mesmo a vida corriqueira e imutável causa segurança.
Conhece-se os caminhos, os atalhos, os desvios,
as curvas a serem evitadas.
A consciência de ter que recomeçar é que nos faz
sofrer, duvidar, temer.
Medimos nossa capacidade e com bastante freqüência...
nossa incapacidade!
Se não medirmos nada, avançaremos
como as crianças avançam nos primeiros passos,
titubeantes, mas orgulhosos.
A mente humana é um poderoso instrumento.
Ela condiciona, impõe, impede, impele, comanda...
mas nem sempre no bom sentido.
Ela sente, ressente, guarda as impressões
e as marcas que a vida vai fazendo ao longo dos anos.
E se pensamos em recomeçar alguma coisa,
ela acende a luz vermelha em sinal de atenção.
Assim é que muitos paralisam-se e não fazem nada.
Acomodam-se.
Porém, a vida nos impõe recomeços a cada instante
e os seguimos com naturalidade, fazemos nossa parte.
Somos condicionados e nem nos questionamos.
Me pergunto então por que não nos condicionamos
a viver coisas novas,
experimentar nem que seja por uma vez ousar.
Se é nossa mente que nos comanda e que somos donos de nós,
por que não pegarmos as rédeas, o comando?
A vida desabrocha por todos os cantos e precisamos vivê-la.
Mas bem vivê-la. Deus nos criou para sermos felizes,
não para passarmos os dias perdidos em lamentos
sem tomar atitudes.
Avança!
Recomeçar é preciso quando o que temos já não nos satisfaz.
E recomeçar é sempre possível quando colocamos
de lado as dúvidas,
pois perdedor na vida não é quem tentou e não conseguiu,
mas sim aquele que abandonou a coragem
e perdeu a fé.

Tuesday, March 10, 2009

O PODER DO SORRISO

Sorri ...
Embora tenhas dentro da alma
A dor que o mundo desconhece ...
Sorri que o teu sorriso será prece ,
Que te aliviará te dando calma .
Sorri , como se em tua alma
Nenhum mal , nenhuma dor houvesse ...
O sorriso é o bálsamo que acalma
os males que na vida se padece !

Sunday, March 08, 2009

*** GALOPANDO NO TEMPO *** Sandra Waihrich Tatit

Ao vento , cavalgo minha dores
dissabores e amores ,
Domando as agruras que surgem
No horizonte bravio ...
Seguindo a caminhada como um pássaro
que busca alimento ,
No galope de meus pensamentos ,
Domando as adversidades com rédeas curtas ,
Montando na saudade e
Galopando no tempo ,
Sem corcovear nas intempéries .
Assim , passam os dias e noites ,
Mais um dia é menos um dia ...
Nesta lenta agonia da vida ,
disfarçada de ilusão e esperança .
Desde criança acreditei na vida ,
Sem pensar na arrancada , na marcha e na despedida
Na partida inevitável ...
As rédeas curtas são meu prumo e
a minha garantia ...
Numa tropeçada sei qual o jeito
de conduzir meu cavalgar ligeiro ,
quando poderia tombar , encurto as rédeas
e sigo em frente mesmo em desatino .
A estrada se desalinha , eu quase
rodando me equilibro ainda .
É a vida e seus desafios .
A sensatez que aprendi com o tempo
Me ajuda a domar o meu destino .
Ardiloso como este cavalo bravo
que me domina e desconcerta ,
eu o desarmo no galope intenso ...
Nas rédeas curtas de meu pensamento !
Curtas , para evitar o tombo ,
Temor para quem cavalga sozinho ,
Na cancha reta de sua vida .
Sandra Waihrich Tatit
Direitos Autorais Protegidos
Meus Poemas de Improviso

*** NESTE DIA INTERNACIONAL DA MULHER , "ARTE É VIDA" PARABENIZA A TODAS AS MULHERES QUE NOS PRESTIGIAM COM SUAS QUERIDAS PRESENÇAS ***

O HOMEM ESTÁ COLOCADO ONDE TERMINA A TERRA E A MULHER ONDE COMEÇA O CÉU ...

Saturday, March 07, 2009

* CELEBRANDO O "DIA INTERNACIONAL DA MULHER" , dois textos de "Letícia Thompson" _ "Seu Nome é Mulher" e "A Força do Homem" *


Se o homem soubesse a força que tem quando confia em Deus teria vergonha de se olhar no espelho em busca da própria força.
O eu tem falado tão alto ultimamente que o homem esquece-se da sua dependência ao Criador. O caminhar consigo mesmo e confiar somente em si pode conduzir a muitos lugares, menos à cruz de Cristo e ao plano de salvação.
O orgulho dos homens faz com que pensem que são bons, grandes e isso os deixa, como diria Saint-Exupéry, inchados, voltados a si, como cogumelos. Mas tudo o que somos e tudo o que temos não é nosso a princípio, apenas nos foi ofertado.
Se Deus me deu um dom, esse dom a Ele pertence, não posso, de maneira alguma sentir-me orgulhosa de mim. O que me é dado pode me ser retirado.
É preciso inclinarmos a cabeça muitas vezes se quisermos nos encontrar com Deus. Ele está bem mais perto do nosso coração e da nossa alma que da nossa cabeça. Ele vê nossas fraquezas e segura nossa mão, Ele é a força da qual precisamos a cada dia, a fonte da qual devemos beber, o maná que deve nos sustentar. O homem por si poderá passar por muitos caminhos, mas jamais conseguirá se salvar.
Não escrevi esse texto inteiramente hoje, mas penso que precisava amadurecer, como as frutas que devem ser colhidas no momento certo. E o momento certo é sempre aquele que Deus escolhe. Espero que apreciem, pois fala ao meu coração, é meu regime de vida, como no versículo: "Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece."
http://www.leticiathompson.net/A_forca_do_homem_LT.html
Ah!... e domingo não é um dia qualquer e eu não queria que passasse em branco, queria que fosse multicolor. Talvez muitos tenham razão quando dizem que um mundo governado pelas mulheres poderia ter um maior coração. Elas sabem ser sensíveis e fortes ao mesmo tempo e quem suporta a dor de dar a vida pode suportar muitas provações.
A todas vocês, particularmente hoje, meu carinho, meu abraço mais apertado e o meu desejo que encontrem sempre forças nas grandes marés, nos ventos contrários e nos caminhos àrduos. Não se esqueçam que vocês são flores, as mais belas do jardim que Deus criou e que as flores merecem cuidado e respeito.
Deixo aqui um pouquinho de mim, que também mulher sou, com todos os defeitos e qualidades das flores e sei que vão se encontrar, se não em tudo, pelo menos em algumas coisas.
http://www.leticiathompson.net/Seu_nome_e_mulher.html
Obrigada pelas visitas e por tudo!
Que Deus fortaleça a todos para que se tornem grandes em feitos e gigantes do coração!
Tenham uma maravilhosa e abençoada noite!

Abraço carinhoso!

Letícia
http://www.leticiathompson.net/

Friday, March 06, 2009

*** O DIA INTERNACIONAL DA MULHER *** a História começa com a inserção das mulheres no mercado de trabalho após a Revolução Industrial



O Dia Internacional da Mulher é mais uma daquelas datas que o comércio faz a festa. Homens de todo o mundo estão agora desesperados para dar algum presente às suas amadas, namoradas, esposas e/ou amantes.A história do Dia Internacional das Mulheres começa com a inserção das mulheres no mercado de trabalho após a Revolução Industrial. As mulheres saíram dos lares, mas não conseguiram os mesmos direitos que os homens. Até hoje as pesquisas revelam que as mulheres ganham menos ocupando o mesmo cargo. Mas já foi bem pior.Em 8 de março de 1857 em Nova York as mulheres protestavam contra as más condições de trabalho e salários menores do que os dos homens. Situação que ainda permanece. O incêndio da fábrica da Triangle Shirtwaist, também em Nova York, não aconteceu em 8 de março como se supõe e nem ocorreu devido aos protestos femininos. O boato sugere que durante o protesto as mulheres teriam sido trancadas e queimadas vivas totalizando 129 trabalhadoras queimadas vivas. No verdadeiro incêndio, o pior da cidade de Nova York, morreram 146 trabalhadoras. O incêndio de Triangle Shirtwaist ocorreu em 25 de Março de 1911. Os protestos por melhores condições de trabalho se seguiram nos anos seguintes. Em 1908, 15 mil mulheres exigiam nas ruas de Nova York redução de horário de trabalho, melhores salários e o direito ao voto. A primeira comemoração do Dia Internacional da Mulher foi realizada em 28 de Fevereiro de 1909, nos Estados Unidos, motivada pelo Partido Socialista da América. Em 19 de março de 1909 ocorreram protestos na Alemanha para relembrar as promessas não cumpridas pelo rei da Prússia aos direitos das mulheres. Em 1910, na primeira conferência internacional sobre a mulher, realizado na Dinamarca, o dia 8 de março foi declarado Dia Internacional da Mulher. No ano seguinte um milhão de pessoas celebraram a data em alguns países da Europa. O Dia Internacional da Mulher de 1917 foi uma importante data para a Revolução Bolchevique na Rússia. Cansadas da guerra e opressão as mulheres aproveitaram a data para forçar a retirada das tropas russas da Primeira Guerra Mundial através de uma greve geral. Quatro dias depois o tsar Nicolau II foi deposto do cargo. O Governo Provisório garantiu às mulheres o direito de votar. O Dia Internacional da Mulher se tornou oficial graças aos esforços da feminista Alexandra Kollontai para relembrar a luta das mulheres por melhores condições de trabalho e direitos políticos.Com o passar dos anos o Dia Internacional da Mulher se tornou uma data romântica. O comércio se aproveitou da mudança de uma data que começou por melhores condições de trabalhos e poderes políticos iguais para uma data de presentes de homens arrependidos e apaixonados. O Dia Internacional da Mulher se tornou uma data importante no calendário de vendas. Em vários países a data é feriado nacional, mas o que realmente importa é que os comerciantes fazem a festa no 8 de março, todos os anos. Em Moçambique o Dia da Mulher Moçambicana é comemorado em 7 de abril, data da morte de Josina Machel, esposa do primeiro presidente de Moçambique. Assim que o país conquistou a sua independência de Portugal em 1975 a data foi oficializada como feriado nacional. Josina Machel integrou a FRELIMO (Frente de Libertação de Moçambique) quando jovem, casou-se com o futuro presidente. Josina Machel morreu vítima de doença em 7 de abril de 1971. Uma das frases do Dia Internacional da Mulher que mais me chamou a atenção foi que a mulher não precisa de datas, talvez esta seja a melhor frase do Dia Internacional da Mulher e mais verdadeira do que inúmeras frases românticas procuradas pelos homens ou mulheres para agradar outras mulheres. Os artigos e textos que li sobre o dia das mulheres me deixaram convencido que as mulheres dão menos bola do que os homens para esta data. Talvez seja a síndrome do conquistador. O cara dá uma de gente fina, de respeitador às mulheres com o objetivo de consumi-las. No dia 9, ele esqueceu as flores com o belo texto sobre o Dia das Mulheres. A maioria dos belos versos e frases em homenagem às mulheres será logo esquecida. Aquelas frases inteligentes retiradas de reportagens sobre o Dia Internacional da Mulher serão apagadas pelos gestos cotidianos. Apesar de tudo alguns realmente levam a sério que todos os dias são os dias das mulheres. Parabéns às mulheres dia 8 de março!
Fonte de Pesquisa: Internet

Thursday, March 05, 2009

* MINHA HOMENAGEM À QUERIDA AMIGA E POETISA , JORNALISTA DE ALAGOAS , "ARETHUZA VIANA" , 'PELO DIA INTERNACIONAL DA MULHER' *


CULPA
Eu te perdoo as mentiras.
Não me perdoo por ter acreditado nelas...
Eu te perdoo a indiferença.
Não me perdoo
por sofrer ao senti-la...
Eu te perdoo as falsas carícias,
Não me perdoo por me entregar a elas...
Eu te perdoo a saudade.
Não me perdoo por tê-la como companhia...
Eu te perdoo a hipocrisia.
Não me perdoo
Por ter sido ludibriada...
Eu te perdoo a astúcia.
Não me perdoo por ter sido tão ingênua...
Eu te perdoo a traição.
Não me perdoo
por não tê-la merecido...


Arethuza Viana
amigosepoemas.blogspot.com/

*** POEMA MULHER *** Cora Coralina

Saber Viver
Não sei...
Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido,
se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura...
Enquanto durar.


Cora Coralina

Wednesday, March 04, 2009

Disse o poeta : " O homem está colocado onde termina a terra , a mulher onde começa o céu ..."

" ... ser mãe é desdobrar fibra por fibra o coração , ser mãe é ter no alheio lábio que suga , o pedestal do seio ... perder um filho é como achar a morte , perder um filho quando já grande e forte , que poderia consolá-la e conservá-la ... enquanto uma mãe cantar junto a um bercinho , cantará a esperança para o mundo ... "

Tuesday, March 03, 2009

** MULHERES ** de Pablo Neruda TEXTO LINDO EM MENSAGEM QUE RECEBI DE 'CARMINHA SLIDES' **


Eu amo ser MULHER, pois as mulheres são
carinhosas, amigas, sensíveis.
Nada melhor do que um belo texto para
homenageá-las no dia 8 de março,DIA INTERNACIONAL DA MULHER.
Com carinho,Carminha
By Carminha Slides
http://www.bycarminhaslides.com/


M U L H E R E S
Texto de Pablo Neruda
PPS anexo com som!

ENTRAR NO GRUPO
bycarminhaslides-subscribe@yahoogrupos.com.br

Monday, March 02, 2009

" CANÇÃO DE MEU CORAÇÃO "

Por Sandra Waihrich Tatit

Viajei às profundezas de mim mesma ,
de meu eu distante ,
encontrei-me tão cansada ,
encontrei comigo mesma ...
supondo que eu não estava mais alí ,
aquela não era a mesma , não era o eu de antes ,
sentia-me perdida numa parcela do universo .
Desci mais degráus , e encontrei Deus !
ele me fitou e falou : estou aqui ,
pensaste que estavas só , mas eu te esperava ansioso ,
vieste e eu sabia que chegarias .
As ondas de meu eu interior
não esperavam esta dádiva ,
este ser tão lindo que chegava a mim .
A felicidade me mostrou seu vulto ,
falou que eu merecia e alegre
eu levantei e me afastei ...
Ao chegar naquele recanto que sonhei
pensei ser uma ilusão de sonho bom mas não era ,
eras tu que vinhas a mim
e trarias tantas coisas boas ao meu coração .
De coração para coração , uma canção ...
de amor , de amizade , de paz .
Tua linguagem é a do coração ,
sabemos que só vemos bem com ele ,
era noite já ...
a lua estava ainda tímida e nada me dizia ,
tu sorrias ...
o firmamento cintilava e eu te amava mais ,
este amor que já existia há tantos séculos ,
tantas vidas transcorridas ...
este amor que eu já esperava ,
sem tempo ,
atemporal e eterno ...
chegou e me fez alegre novamente ,
me fez semente de luz ,
prometendo nunca mais me deixar naquela areia vazia ,
naquele mar onde eu sozinha me encontrava
e caminhava em passos lentos ,
sob o vento e sob a chuva que
me molhava e aumentava sua intensidade ...
afinal a chuva nasceu para molhar
a natureza inteira ...
passional e passageira .
Meu corpo tremia de emoção ,
a chuva era uma canção e
me banhava com suas gotas de núvens calmas ,
no céu de minha alma
uma beleza enfim .
Meu delírio era real ,
tu existias e vieste ao meu encontro ,
antes que eu pudesse imaginar ,
já não te esperava mais ,
é assim que o destino escreve ,
improvisadamente ...
mas eu sabia que um dia aconteceria .
Tu chegarias e eu te receberia ávida de tua luz
e te daria a minha energia .
Te quero ao meu lado a me cuidar sempre
porque és chuva regando meu coração ,
especial e carinhosamente .
Antes , a minha espera vazia ,
agora será uma eterna companhia
para minha alma arredia ...
amenizando a minha nostalgia .
Não me deixes mais te peço ,
cuidas de mim e zelas por minha caminhada !

Sandra Waihrich Tatit

Direitos Autorais Protegidos
http://aquariussandra.blogspot.com/
Meus Poemas de Improviso

Sunday, March 01, 2009

* MORTE VIVA *

MORTE VIVA
Por Sandra Waihrich Tatit

Folhas de outono , tão frágeis e vazias ,
leves e escravas dos ventos bravios ,
cumpriram então a sua missão e , agora tombam em decadência ,
véspera de outono ,
porque as folhas verdes que outrora faziam a sua imagem e paisagem ,
estão hoje ressecadas e endurecidas .
Mas seu tempo é eterno e lhes pertence ,
na incógnita da natureza viva ,
é seu ainda este tempo e , com sua força incansável ,
poderá nutrí-las novamente e prepará-las para novas existências terrenas .
Para isto , é necessário que antes se joguem à terra ,
em fértil e conformado decanso e abandono ,
em aparente esquecimento .
Sendo frutos , outra vez se reintegrarão à terra ,
à natureza majestosa ,
se reabastecerão e voltarão a germinar,
na terra nativa , encontrarão seus novos nutrientes e ,
de sua natureza brotarão suas novas sementes , latentes .
Numa doce morte viva e necessária .
Novos rostos mirarão nas janelas ,
novos tempos surgirão no processo da renovação ,
se identificarão ao longe no horizonte ,
que também se renova a cada amanhecer e refletirão :
'precisaremos morrer para que a renovação dos tempos se faça e sejamos ,
na natureza milagrosa , novas geradoras de vidas' ,
e começaremos a brotar novamente ,
até que passado o inverno de nossas vidas ,
possamos retornar .
Então , brotaremos outra vez ,
refeitas e fortalecidas , seremos brotos que se transformarão ,
em folhas férteis e flores nascentes ,
na primavera que virá .
Nossa morte viva ,
nada mais será que a tranformação perene da matéria em movimento ,
a negação à estagnação ,
a lograr novos renascimentos ,
nossa tranformação evolutiva gerará frutos benditos ,
frutos com novas missões na terra ,
conscientes retornamos à jornada traçada anteriormente .
Nosso renascer será dor , sabedoria e calor ,
essência eterna do equilíbrio de nosso movimento ,
da rejeição à estagnação e de nosso renascimento glorioso ,
num mundo evolutivo ,
no qual nosso espírito é recriado pela divindade suprema .
Então novas folhas renascerão
e o mundo se renovará através de nós ,
somente por isto morremos e renascemos ,
nessa matéria transitória ,
invólucro que nos é emprestado para nosso crescimento ,
no palco magnífico da natureza ,
no amor e na eternidade dos tempos .


Sandra Waihrich Tatit
Direitos Autorais Protegidos
http://aquariussandra.blogspot.com/