TUA VISITA ME FAZ FELIZ

3000 postagens neste blog

3000 postagens neste blog
Search this blog - pesquisa por título

ARTE É VIDA

ARTE É VIDA
"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em meio à aridez dos sonhos desfeitos. Que haja força para reconstruirmos os alicerces dos sonhos eternizados na verdade de nosso coração. Que nesta senda nos seja permitido estar em aliança com nossos Irmãos de Luz e que sejamos a personificação do Amor."

NESTE BLOG - 3000 POSTAGENS - POSTS DESDE O ANO DE 2006

Aqui em 'Arte é Vida', você é o principal personagem deste roteiro de músicas, de paz e amor. Obrigada pela sua presença, é valiosa para mim, se quiser, deixe sua mensagem em meu livro de visitas, abraços, Sandra

Search This Blog-pesquise aqui todo o conteúdo deste blog- 3000 postagens- só pesquisar e clicar

Sandra Waihrich Tatit

Sandra Waihrich Tatit
"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em meio à aridez dos sonhos desfeitos. Que haja força para reconstruirmos os alicerces dos sonhos eternizados na verdade de nosso coração. Que nesta senda nos seja permitido estar em aliança com nossos Irmãos de Luz e que sejamos a personificação do Amor."

BIOGRAFIA I

Sandra Waihrich Tatit
Aniversário: 11 de Fevereiro
Signo astrológico: Aquário
Atividades: Direito , Literatura , Música e Educação
Profissão: Advogada
Local: Júlio de Castilhos : Rio Grande do Sul : Brasil
Clip de áudio
Quem sou eu
NASCI EM JÚLIO DE CASTILHOS, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL.
MÃE DE TRÊS FILHOS, RUBENS, RUSSAIKA E ANGELA. FILHA DE RUBENS CULAU TATIT E CLÉLIA WAIHRICH TATIT.
SOU ADVOGADA, CURSEI DIREITO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL.
CULTIVO A ARTE COMO UMA LIBERTAÇÃO, PIANO, VIOLÃO, CANTO E LITERATURA.
INTEGREI O CORAL DA UNIVERSIDADE.
LIVRO DE ARTE PUBLICADO, "UMA NOVA DIMENSÃO DA ARTE NA EDUCAÇÃO".
CURSEI PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO LATU SENSU.
VEJO A ARTE COMO UMA LIBERTAÇÃO DO SER HUMANO, UMA TERAPIA QUE AMENIZA OS SOFRIMENTOS DO COTIDIANO.
A MÚSICA É A HARMONIA DO HOMEM, A LINGUAGEM DO UNIVERSO.
INTERPRETO PIANO E VIOLÃO, APRECIO CANTAR.
POSSUO COMPOSIÇÕES MUSICAIS, PARA PIANO E VIOLÃO.
NA EUROPA, CONHECI UM POUCO DA HISTÓRIA DA ARTE, ESPECIALMENTE NA ITÁLIA.
DIZ GANDHI, "PRECISAMOS SER AS MUDANÇAS QUE QUEREMOS VER NO MUNDO".
SOU DO SIGNO DE AQUÁRIO, ACREDITO NA ASTROLOGIA E SUA INFLUÊNCIA EM NOSSA VIDA E PERSONALIDADE.
PRETENDO ESCREVER AQUI NO BLOG, SOBRE DIVERSOS TEMAS E POESIAS, TAMBÉM PUBLICAR TEXTOS RELEVANTES DE OUTROS AUTORES.
ESCREVO POEMAS, É UMA FORMA DE DAR MAIS LEVEZA À VIDA. PREGO A ARTE COMO UMA UMA VIDA DENTRO DA PRÓPRIA VIDA QUE SE ETERNIZA PELO ESPÍRITO, UMA LINGUAGEM UNIVERSAL.
UM TRIBUTO A CAMÕES NESTA FRASE ,"CESSA TUDO QUANTO A MUSA CANTA QUANDO UM PODER MAIS ALTO SE AGIGANTA."
Interesses:
ARTE E MÚSICA
DIREITO E EDUCAÇÃO .
Filme favorito
"FREUD ALÉM DA ALMA".
Música favorita
A CLÁSSICA " SONATA AO LUAR " DE BEETHOVEN.
Livros favoritos
" O PROFETA " DE GIBRAN KHALIL GIBRAN . GOSTO MUITO DE LITERATURA ORIENTAL. "OS HETERÔNIMOS" DE FERNANDO PESSOA (Poeta Português). OS POEMAS DE NOSSO POETA OLAVO BILAC
ME FASCINAM
COMO "A VIA LÁCTEA E BENEDITICE". CECÍLIA MEIRELES E LYA LUFT
MINHAS GRANDES MUSAS DA POESIA . "O ATENEU" DE RAUL POMPÉIA . A "DIVINA COMÉDIA" DE DANTE ALIGHIERI
"DON QUIXOTE DE LA MANCHA"
DE MIGUEL DE CERVANTES. QUERO RENDER UM TRIBUTO À MAGISTRAL LITERATURA DE CAMÕES EM " OS LUSÍADAS . "

SEJAM BEM VINDOS AMIGOS!


Arte é Vida e Educação

"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em

"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em

BIOGRAFIA II

Sobre Mim
Advogada
Universidade Federal de
Santa Maria

Brazil

Artes
Música-Piano-Violão
Literatura

ARTE É VIDA
A Arte é Linguagem Universal

•*¨*•♫♪•♫♪•♥♫•*¨*•♫♪•♫♪•♥
•*¨*•♫♪•♫♪•♥♫•*¨*•

Advogada
Produtora Rural
Agropecuária - Agronegócios
Arte-Música - Piano Violão e Literatura
Aprecio as pessoas transparentes e verdadeiras. As relações humanas me cativam, direito, justiça e paz
são minhas trajetórias de vida, ajudar o ser humano o máximo que me seja permitido, sentindo a beleza de minha vocação e o apelo do mundo atual à disponibilidade de minhas energias. Meu primeiro livro publicado 'Uma Nova Dimensão da Arte na Educação'. Na Europa conheci a História da Arte. Na Itália, França. Espanha, Alemanha, Holanda, Bélgica, Áustria e Suiça. Cursos e estudos na área artística e 'História da Arte'.
Sou membro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Estado do Rio Grande do Sul.
Cursei a Escola Superior do Ministério Público e Pós Graduação em Educação Latu Sensu, minha tese foi sobre a Arte e a sua Dimensão no Ensino. Possuo composições musicais de minha autoria, música e letra.
Também alguns vídeos, os quais se encontram no youtube. Mensagens que circulam na internet, formatadas e sonorizadas. Músicas gravadas em seleção e editadas, para sites ou audiência .
Sou funcionária pública do Estado do Rio Grande do Sul.
Brasil.
Creio na Educação como a forma de melhorar o mundo e o ser humano, a Arte na Educação, como uma libertação e incentivo à aprendizagem mais eficiente. Na Arte Terapia, como forma de cura e amenização de conflitos existenciais. Na música, como a Linguagem Universal. Arte Pura como uma vida dentro da própria vida, se eternizando pelo Espírito.
Os artistas são as antenas da raça humana, eles auscultam e pressentem o porvir. Arte é Vida.
Sou mãe de três filhos, Rubens, Russaika e Angela.

'Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita.Tem o peso de uma lembrança.Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros'.
Clarice Lispector

UMA INTENSA LUZ ATRAVESSA O SILÊNCIO DA VOZ QUE CALA...

Status de relacionamentoDivorciada

Informações de contato: swrichtat@terra.com.br

Endereço
  • Santa Maria, Brazil

Site

E-mail
  • swrichtat@terra.com.br

Facebookfacebook.com/sandra.waihrichtatit

ARTE É INSPIRAÇÃO E EMOÇÃO

ARTE É INSPIRAÇÃO E EMOÇÃO

DIVINA MÚSICA

Divina Música!
Filha da Alma e do Amor.
Cálice da amargura
E do Amor.
Sonho do coração humano,
Fruto da tristeza.
Flor da alegria, fragrância
E desabrochar dos sentimentos.
Linguagem dos amantes,
Confidenciadora de segredos.
Mãe das lágrimas do amor oculto.
Inspiradora de poetas, de compositores
E dos grandes realizadores.
Unidade de pensamento dentro dos fragmentos
Das palavras.
Criadora do amor que se origina da beleza.
Vinho do coração
Que exulta num mundo de sonhos.
Encorajadora dos guerreiros,
Fortalecedora das almas.
Oceano de perdão e mar de ternura.
Ó música.
Em tuas profundezas
Depositamos nossos corações e almas.
Tu nos ensinaste a ver com os ouvidos
E a ouvir com os corações.

Gibran

MEUS BLOGS / SITES


MINHA PÁGINA NO FACEBOOK
facebook.com/sandra.waihrichtatit

CAMINHOS DA ARTE
http://sandrawaihrich.blogspot.com/

MEUS POEMAS DE IMPROVISO
http://aquariussandra.blogspot.com/

CAMINHOS SUBLIMES
http://caminhossublimes.blogspot.com/

EDUCACIÓN POR EL ARTE-MEU NOVO LIVRO
http://wwweducacionporelarte.blogspot.com/

BLOG TERRA
http://sandra737.blog.terra.com.br/

ARTE É VIDA
http://www.sandrawaihrichtatit.blogspot.com/

MEUS RETALHOS DE VIDA
http://meusretalhosdevida.blogspot.com/

VÓ NEZA
http://voneza.blogspot.com/

MINHAS LÁGRIMAS CONTIDAS
http://minhaslagrimascontidas.blogspot.com/

NOSSA GRUTA PREFERIDA
http://nossagrutapreferida.blogspot.com/

VÍDEOS E SLIDES
http://textossandravideos.blogspot.com/

ASTROLOGIA
http://aquarius-gemini.blogspot.com/

MY LIFE IS MADE OF MOMENTS
http://sandramoments.blogspot.com/

FAZENDA DO HERVAL
http://agropecuariagirassois.blogspot.com/

SINFONIA DE SENSUALIDADE
http://sinfoniadesensualidade.blogspot.com/

MSN SPACES LIVE
http://rurusan.spaces.live.com/

POESIAS E BIOGRAFIAS
ESSÊNCIA POÉTICA

MEU TWITTER
http://twitter.com/sandrawaihrich/

ESTATÍSTICAS
http://www.geovisite.com/pt/directory/artes_musica.php

DESABAFOS
http://whaareyoudoing.blogspot.com/

SITE 1oo CANAIS DE JORNALISMO INDEPENDENTE
http://100canais.ning.com/profile/SandraWaihrichTatit

SITE VERSO E PROSA
http://versoeprosa.ning.com/profile/SandraWaihrichTatit

EDUCADORES DO BRASIL
http://educadoresdobrasil.ning.com/

MY FACEBOOK
http://pt-br.facebook.com/people/Sandra-Waihrich-Tatit/100000404958625

E-MAIL PARA CONTATO
swrichtat@terra.com.br

MEU NOVO LIVRO DE VISITAS-ASSINAR
http://users3.smartgb.com/g/g.php?a=s&i=g35-65896-01

POLÍTICA SEM ÉTICA
www.politicasemetica.blogspot.com

DIGITAL ART

DIGITAL ART
"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em meio à aridez dos sonhos desfeitos. Que haja força para reconstruirmos os alicerces dos sonhos eternizados na verdade de nosso coração. Que nesta senda nos seja permitido estar em aliança com nossos Irmãos de Luz e que sejamos a personificação do Amor."

GUESTBOOK - SIGN HERE

GUESTBOOK - SIGN HERE
"Que haja ternura no lirismo da poesia da vida. Que haja coragem em nossos passos para seguirmos em meio à aridez dos sonhos desfeitos. Que haja força para reconstruirmos os alicerces dos sonhos eternizados na verdade de nosso coração. Que nesta senda nos seja permitido estar em aliança com nossos Irmãos de Luz e que sejamos a personificação do Amor."

CLIQUE NA ROSA PARA ASSINAR MEU LIVRO DE PRESENÇAS

CLIQUE NA ROSA PARA ASSINAR MEU LIVRO DE PRESENÇAS
FELIZ COM TUA VISITA

UMA INTENSA LUZ ATRAVESSA O SILÊNCIO DA VOZ QUE CALA

UMA INTENSA LUZ ATRAVESSA O SILÊNCIO DA VOZ QUE CALA
Grandes verdades são traduzidas pelo silêncio

ARTE É LIBERDADE

A OBRA DE ARTE É O EFÊMERO QUE SE TORNA IMORTAL

A OBRA DE ARTE É O EFÊMERO QUE SE TORNA IMORTAL
"Os Artistas são as antenas da raça humana, eles auscultam e pressentem o porvir" ... Ezra Pound

REGISTRAS TUA PRESENÇA CLICANDO NA ROSA

ARTE É AMOR E LUZ

A música é a linguagem dos espíritos. Khalil Gibran

A música é a linguagem dos espíritos. Khalil Gibran
Na dimensão daquilo que pensamos ou sentimos não há lugar ou tempo definidos ...

ARTE É VIDA

ARTE É VIDA
ARTE É VIDA E AMOR

MEU NOVO LIVRO DE VISITAS

NEW MAP-MAPA DE VISITANTES ON LINE

VISITAS ON LINE

CORAGEM DE SONHAR

"O mundo está nas mãos daqueles que têm a coragem de sonhar e correr o risco de viver seus sonhos"
Paulo Coelho

AMIZADE NOSSO BEM MAIOR

AMIZADE NOSSO BEM MAIOR

AMIGOS SEGUIDORES DO BLOG ARTE É VIDA - FALLOWERS

"Tudo quanto vive, vive porque muda; muda porque passa; e, porque passa, morre. Tudo quanto vive perpetuamente se torna outra coisa, constantemente se nega, se furta à vida."
Fernando Pessoa.

'Não queremos perder, nem deveríamos perder: saúde, pessoas, posição, dignidade ou confiança. Mas perder e ganhar faz parte do nosso processo de humanização'

Lya Luft


ARTE É VIDA - TRADUTOR

ARTE É VIDA - TRADUTOR
TRADUTOR INSTANTÂNEO-52 IDIOMAS-clique no livro acima

PAIXÃO E SILÊNCIO

PAIXÃO E SILÊNCIO
Blog Sinfonia de Sensualidade

CORAÇÃO E PAIXÃO

CORAÇÃO E PAIXÃO
" A Paixão, que não seja imortal posto que é chama, mas que seja eterna enquanto dure." Vinícios de Moraes

ARTE É VIDA 300..000 VISITAS - NEW POSTS

ARTE É VIDA 300..000 VISITAS - NEW POSTS

ARTE É VIDA E LUZ

ARTE É VIDA E LUZ

PLANTE AQUILO QUE DESEJA COLHER

PLANTE AQUILO QUE DESEJA COLHER
SANDRA WAIHRICH TATIT - NOVAS POSTAGENS - NEW POSTS

Thursday, January 31, 2008

UM TRIBUTO A NELSON GONÇALVES , 'BOEMIA' , A VOLTA DO BOÊMIO , COM LUIS CLEMENTE

Wednesday, January 30, 2008

CORAÇÃO APAIXONADO __ É A MÚSICA DESTACADA DO CANTOR ESPANHOL JÚLIO IGLESIAS

O Afeto , a Energia que Move o Universo


O PODER DO AFETO


O Poder do Afeto
A falta de tato para resolver conflitos e tratar de assuntos com pessoas que têm idéias opostas,
tem sido responsável por muitos desentendimentos e dissabores nos relacionamentos.
Por vezes, um problema que poderia ser facilmente resolvido,
cria sérios rompimentos por causa da falta de jeito dos antagonistas.
O afeto, usado com sabedoria é uma ferramenta poderosa, mas pouco usada pela maioria dos indivíduos.
O mais comum tem sido a violência, a agressividade, a intolerância.
Existem pessoas que não gostam de mostrar sua intimidade e se escondem sob um véu de sisudez,
com ares de poucos amigos, na tentativa de evitar aproximações que deixem expostas suas fragilidades.
São como os caramujos, os tatus, as tartarugas e outros semelhantes.
Ao se sentirem ameaçados, escondem-se em suas carapaças naturais,
e não deixam à mostra nenhuma de suas partes vulneráveis.
A propósito, você já tentou alguma vez retirar, à força, de seu esconderijo, um desses animaizinhos?
Seria uma tentativa fracassada, a menos que você não se importe em dilacerar o corpo do seu oponente.
No caso da tartaruga, por exemplo, quanto mais você tentar, com violência, retirá-la do casco,mais ela irá se encolher para sobreviver.
Mas, se você a colocar num lugar aconchegante, caloroso, que inspire confiança, ela sairá naturalmente.
Assim também acontece com os seres humanos. Se em vez da força se usar o afeto, o aconchego, a ternura, a pessoa naturalmente de desarma e se deixa envolver.
Às vezes a pessoa chega prevenida contra tudo e contra todos e se desarma ao simples contato com um sorriso franco ou um abraço afetuoso.
Mas, se ao invés disso encontra pessoas também predispostas à agressão, ao conflito, as coisas ficam ainda piores.
Como a convivência com outros indivíduos é uma realidade da qual não podemos fugir,
precisamos aprender a lidar uns com os outros com sabedoria e sem desgastes.
A força nunca foi e nunca será a melhor alternativa, além de causar sérios prejuízos à vida de relação.
Portanto,criar relacionamentos harmônicos é uma arte que precisa ser cultivada e levada a sério. Mas para isso é preciso que pelo menos uma das partes o queira e o faça.
E se uma das partes quiser, por mais que a outra esteja revestida de uma proteção semelhante à de um porco-espinho, ninguém sairá ferido e o relacionamento terá êxito.
Basta lembrar dessa regra bem simples, mas eficaz: em vez da força, o afeto. E tudo se resolve sem desgastes.
De tudo o que fazemos na vida ficam apenas algumas lições:
A certeza de que estamos todos em processo de aprendizagem...
A convicção de que precisamos uns dos outros...
A certeza de que não podemos deter o passo...
A confiança no poder de renovação do ser humano.
Portanto, devemos aproveitar as adversidades para cultivar virtudes.
Fazer dos tropeços um passo de dança.
Do medo um desafio.
Dos opositores, amigos.
E retirar, de todas as circunstâncias, lições para ser feliz.
Texto da Equipe de Redação do site http://www.momento.com.br/
* Recebi este lindo texto por e-mail , da cara amiga Magda de Minas Gerais , pelo qual agradeço , Sandra

Tuesday, January 29, 2008

SHE __ ELLA __ ELA __ By Elvis Costelo_Charles Aznavour

POEMAS DE 'BERTOLD BRECHT'

Poemas de Bertold Brecht

Os que lutam "Há aqueles que lutam um dia; e por isso são muito bons; Há aqueles que lutam muitos dias; e por isso são muito bons; Há aqueles que lutam anos; e são melhores ainda; Porém há aqueles que lutam toda a vida; esses são os imprescindíveis."
O Analfabeto Político O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo
Nada é impossível de Mudar "Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. E examinai, sobretudo, o que parece habitual. Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural nada deve parecer impossível de mudar."
Privatizado "Privatizaram sua vida, seu trabalho, sua hora de amar e seu direito de pensar. É da empresa privada o seu passo em frente, seu pão e seu salário. E agora não contente querem privatizar o conhecimento, a sabedoria, o pensamento, que só à humanidade pertence."
SOBRE A VIOLÊNCIA A corrente impetuosa é chamada de violenta Mas o leito do rio que a contem Ninguém chama de violento.
A tempestade que faz dobrar as betulas É tida como violenta E a tempestade que faz dobrar Os dorsos dos operários na rua?

DAS ELEGIAS DE BUCKOW Viesse um vento Eu poderia alcar vela. Faltasse vela Faria uma de pano e pau. FERRO No sonho esta noite Vi um grande temporal. Ele atingiu os andaimes Curvou a viga A feita de ferro. Mas o que era de madeira Dobrou-se e ficou.
SE FÔSSEMOS INFINITOS Fossemos infinitos Tudo mudaria Como somos finitos Muito permanece.
QUEM SE DEFENDE Quem se defende porque lhe tiram o ar Ao lhe apertar a garganta, para este há um parágrafo Que diz: ele agiu em legitima defesa. Mas O mesmo parágrafo silencia Quando vocês se defendem porque lhes tiram o pão. E no entanto morre quem não come, e quem não come o suficiente Morre lentamente. Durante os anos todos em que morre Não lhe é permitido se defender.
PERGUNTAS DE UM TRABALHADOR QUE LÊ Quem construiu a Tebas de sete portas? Nos livros estão nomes de reis. Arrastaram eles os blocos de pedra? E a Babilônia varias vezes destruída-- Quem a reconstruiu tanta vezes? Em que casas Da Lima dourada moravam os construtores? Para onde foram os pedreiros, na noite em que a Muralha da China ficou pronta? A grande Roma esta cheia de arcos do triunfo Quem os ergueu? Sobre quem Triumfaram os Cesares? A decantada Bizancio Tinha somente palácios para os seus habitantes? Mesmo na lendária Atlântida Os que se afogavam gritaram por seus escravos Na noite em que o mar a tragou. O jovem Alexandre conquistou a Índia. Sozinho? César bateu os gauleses. Não levava sequer um cozinheiro? Filipe da Espanha chorou, quando sua Armada Naufragou. Ninguém mais chorou? Frederico II venceu a Guerra dos Sete Anos. Quem venceu alem dele?
Cada pagina uma vitoria. Quem cozinhava o banquete? A cada dez anos um grande Homem. Quem pagava a conta?
Tantas histórias. Tantas questões.
EU SEMPRE PENSEI E eu sempre pensei: as mais simples palavras Devem bastar. Quando eu disser como é O coração de cada um ficara dilacerado. Que sucumbiras se não te defenderes Isso logo veras.

NÃO NECESSITO DE PEDRA TUMULAR Não necessito de pedra tumular, mas Se necessitarem de uma para mim Gostaria que nela estivesse: Ele fez sugestões Nós as aceitamos. Por tal inscrição Estaríamos todos honrados.
LENDO HORACIO Mesmo o diluvio Não durou eternamente. Veio o momento em que As águas negras baixaram. Sim, mas quão poucos Sobreviveram!
EPITÁFIO PARA GORKI Aqui jaz O enviado dos bairros da miséria O que descreveu os atormentadores do povo E aqueles que os combateram O que foi educado nas ruas O de baixa extração Que ajudou a abolir o sistema de Alto a Baixo O mestre do povo Que aprendeu com o povo.
NA MORTE DE UM COMBATENTE DA PAZ À memória de Carl von Ossietzky Aquele que não cedeu Foi abatido O que foi abatido Não cedeu. A boca do que preveniu Está cheia de terra. A aventura sangrenta Começa. O túmulo do amigo da paz É pisoteado por batalhões. Então a luta foi em vão? Quando é abatido o que não lutou só O inimigo Ainda não venceu.
A MÁSCARA DO MAL Em minha parede há uma escultura de madeira japonesa Máscara de um demônio mau, coberta de esmalte dourado Copreensivo observo As veias dilatadas da fronte, indicando Como é cansativo ser mal
REFLETINDO SOBRE O INFERNO Refletindo, ouço dizer, sobre o inferno Meu irmão Shelley achou ser ele um lugar Mais ou menos semelhante a Londres. Eu Que não vivo em Londres, mas em Los Angeles Acho, refletindo sobre o inferno, que ele deve Assemelhar-se mais ainda a Los Angeles.
Também no inferno Existem, não tenho dúvidas, esses jardins luxuriantes Com as flores grandes como árvores, que naturalmente fenecem
Sem demora, se não são molhadas com água muito cara. E mercados de frutas Com verdadeiros montes de frutos,no entanto Sem cheiro nem sabor.E intermináveis filas de carros Mais leves que suas próprias sombras,mais rápidos Que pensamentos tolos,autómoveis reluzentes,nos quais
Gente rosada,vindo de lugar nenhum,vai a nenhum lugar. E casas construídas para pessoas felizes,portanto vazias Mesmo quando habitadas. Também as casas do inferno não são todas feias Mas a preocupacão de serem lançados na rua Consome os moradortes das mansões nao menos que Os moradores do barracos.
NA GUERRA MUITAS COISAS CRESCERÃO Ficarão maiores As propriedades dos que possuem E a miséria dos que não possuem As falas do guia* E o silêncio dos guiados.
* FührerCOMO BEM SEI Como bem sei Os impuros viajam para o inferno Através do céu inteiro. São levados em carruagens transparentes: Isto embaixo de vocês, lhe dizem É o céu. Eu sei que lhes dizem isso Pois imagino Que justamente entre eles Há muitos que não o reconheceriam, pois eles Precisamente Imaginavam-no mais radiante
JAMAIS TE AMEI TANTO Jamais te amei tanto, ma soeur Como ao te deixar naquele pôr do sol O bosque me engoliu, o bosque azul, ma soeur Sobre o qual sempre ficavam as estrelas pálidas No Oeste. Eu ri bem pouco, não ri, ma soeur Eu que brincava ao encontro do destino negro - Enquanto os rostos atrás de mim lentamente Iam desaparecendo no anoitecer do bosque azul. Tudo foi belo nessa tarde única, ma soeur Jamais igual, antes ou depois - É verdade que me ficaram apenas os pássaros Que à noite sentem fome no negro céu.
A MINHA MÃE Quando ela acabou, foi colocada na terra Flores nascem, borboletas esvoejam por cima... Ela, leve, não fez pressão sobre a terra Quanta dor foi preciso para que ficasse tão leve!
TAMBÉM O CÉU Também o céu às vezes desmorona E as estrelas caem sobre a terra Esmagando-a com todos nós. Isto pode ser amanhã.
O NASCIDO DEPOIS Eu confesso: eu Não tenho esperança. Os cegos falam de uma saída. Eu Vejo. Após os erros terem sido usados Como última companhia, à nossa frente Senta-se o Nada.
EPÍSTOLA SOBRE O SUICÍDIO Matar-se É coisa banal. Pode-se conversar com a lavadeira sobre isso. Discutir com um amigo os prós e os contras. Um certo pathos, que atrai Deve ser evitado. Embora isto não precise absolutamente ser um dogma. Mas melhor me parece, porém Uma pequena mentira como de costume: Você está cheio de trocar a roupa de cama, ou melhor Ainda: Sua mulher foi infiel (Isto funciona com aqueles que ficam surpresos com essas coisas E não é muito impressionante) De qualquer modo Não deve parecer Que a pessoa dava Importância demais a si mesmo
UM HOMEM PESSIMISTA Um homem pessimista É tolerante. Ele sabe deixar a fina cortesia desmanchar-se na língua Quando um homem não espanca uma mulher E o sacrifício de uma mulher que prepara café para seu amado Com pernas brancas sob a camisa - Isto o comove. Os remorsos de um homem que Vendeu o amigo Abalam-no, a ele que conhece a frieza do mundo E como é sábio Falar alto e convencido No meio da noite.
SOUBE Soube que Nas praças dizem de mim que durmo mal Meus inimigos, dizem, já estão assentando casa Minhas mulheres põem seus vestidos bons Em minha ante-sala esperam pessoas Conhecidas como amigas dos infelizes. Logo Ouvirão que não como mais Mas uso novos ternos Mas o pior é: eu mesmo Observo que me tornei Mais duro com as pessoas.
QUEM NÃO SABE DE AJUDA Como pode a voz que vem das casas Ser a da justiça Se os pátios estão desabrigados? Como pode não ser um embusteiro aquele que Ensina os famintos outras coisas Que não a maneira de abolir a fome? Quem não dá o pão ao faminto Quer a violência Quem na canoa não tem Lugar para os que se afogam Não tem compaixão. Quem não sabe de ajuda Que cale.
ACREDITE APENAS Acredite apenas no que seus olhos vêem e seus ouvidos Ouvem! Também não acredite no que seus olhos vêem e seus Ouvidos ouvem! Saiba também que não crer algo significa algo crer!
COM CUIDADO EXAMINO Com cuidado examino Meu plano: ele é Grande, ele é Irrealizável.
OS ESPERANÇOSOS Pelo que esperam? Que os surdos se deixem convencer E que os insaciáveis Lhes devolvam algo? Os lobos os alimentarão, em vez de devorá-los! Por amizade Os tigres convidarão A lhes arrancarem os dentes! É por isso que esperam!
NO SEGUNDO ANO DE MINHA FUGA No segundo ano de minha fuga Li em um jornal, em língua estrangeira Que eu havia perdido minha cidadania. Não fiquei triste nem alegre Ao ver meu nome entre muitos outros Bons e maus. A sina dos que fugiam não me pareceu pior Do que a sina dos que ficavam.
PARA LER DE MANHÃ E À NOITE Aquele que amo Disse-me Que precisa de mim. Por isso Cuido de mim Olho meu caminho E receio ser morta Por uma só gota de chuva.
DE QUE SERVE A BONDADE 1 De que serve a bondade Se os bons são imediatamente liquidados, ou são liquidados Aqueles para os quais eles são bons? De que serve a liberdade Se os livres têm que viver entre os não-livres? De que serve a razão Se somente a desrazão consegue o alimento de que todos necessitam? 2 Em vez de serem apenas bons, esforcem-se Para criar um estado de coisas que torne possível a bondade Ou melhor: que a torne supérflua! Em vez de serem apenas livres, esforcem-se Para criar um estado de coisas que liberte a todos E também o amor à liberdade Torne supérfluo! Em vez de serem apenas razoáveis, esforcem-se Para criar um estado de coisas que torne a desrazão de um indivíduo Um mau negócio.
A Cruz de Giz Eu sou uma criada. Eu tive um romance Com um homem que era da SA. Um dia, antes de ir Ele me mostrou, sorrindo, como fazem Para pegar os insatisfeitos. Com um giz tirado do bolso do casaco Ele fez uma pequena cruz na palma da mão. Ele contou que assim, e vestido à paisana anda pelas repartições do trabalho Onde os empregados fazem fila e xingam E xinga junto com eles, e fazendo isso Em sinal de aprovação e solidariedade Dá um tapinha nas costas do homem que xinga E este, marcado com a cruz branca é apanhado pela SA. Nós rimos com isso. Andei com ele um ano, então descobri Que ele havia retirado dinheiro Da minha caderneta de poupança. Havia dito que a guardaria para mim Pois os tempos eram incertos. Quando lhe tomei satisfações, ele jurou Que suas intenções eram honestas. Dizendo isso Pôs a mão em meu ombro para me acalmar. Eu corri, aterrorizada. Em casa Olhei minhas costas no espelho, para ver Se não havia uma cruz branca.
As margens Do rio que tudo arrasta se diz que é violento Mas ninguém diz violentas as margens que o comprimem
O Vosso tanque General, é um carro forte Derruba uma floresta esmaga cem Homens, Mas tem um defeito - Precisa de um motorista O vosso bombardeiro, general É poderoso: Voa mais depressa que a tempestade E transporta mais carga que um elefante Mas tem um defeito - Precisa de um piloto. O homem, meu general, é muito útil: Sabe voar, e sabe matar Mas tem um defeito- Sabe pensar ! ...

Monday, January 28, 2008

Um passarinho me soprou : ___ HÁ CRIMES PIORES DO QUE QUEIMAR LIVROS . UM DELES É NÃO TÊ-LOS . Joseph Brodsky


CORRUPÇÃO POLÍTICA __ tópicos relevantes e significativos

Non omne quod licet honestum est , jus supra legis

A palavra 'corrupção' deriva do latim 'corruptus' que, numa primeira acepção, significa quebrado em pedaços e numa segunda acepção, apodrecido, pútrido. Por conseguinte, o verbo corromper significa tornar pútrido, podre.
Numa definição ampla, 'corrupção política' significa o uso ilegal - por parte de governantes, funcionários públicos e agentes privados - do poder político e financeiro de organismos ou agências governamentais com o objetivo de 'transferir renda pública ou privada de maneira criminosa para determinados indivíduos' ou grupos de indivíduos ligados por quaisquer laços de interesse comum – como, por exemplo, negócios, localidade de moradia, etnia ou de fé religiosa.
Em toda as sociedades humanas existem pessoas que agem segundo as leis e normas reconhecidas como legais do ponto de vista constitucional.
No entanto, também existem pessoas que não reconhecem e desrespeitam essas leis e normas para obter benefício pessoal. Essas pessoas são conhecidas sob o nome comum de criminosos. No crime de corrupção política, os criminosos – ao invés de assassinatos, roubos e furtos - utilizam posições de poder estabelecidas no jogo político normal da sociedade para realizar atos ilegais contra a sociedade como um todo.
A corrupção ocorre não só através de crimes subsidiários como, por exemplo, os crimes de suborno (para o acesso ilegal ao dinheiro cobrado na forma de impostos, taxas e tributos) e do nepotismo (colocação de parentes e amigos aos cargos importantes na administração pública). O ato de um político se beneficiar de fundos públicos de uma maneira outra que a não prescrita em lei – isto é, através de seus salários - também é corrupção.
Um exemplo clássico de corrupção é utilização por um político de seu conhecimento e de seu poder de tomada de decisão sobre fundos públicos na realização de um investimento particular (ou de seus companheiros políticos) para a compra de terras baratas que ele sabe que irão se valorizar em função de obras (como estradas e avenidas) que ele – enquanto governante - sabe que o governo fará com dinheiro público.
Todos as tipos de governos são afetados por crimes de corrupção, desde uma simples obtenção e dação de favores como acesso privilegiado a bens ou serviços públicos em troca de amizade até o pagamento superfaturado de obras e serviços públicos para empresas privadas em troca do retorno de um percentual do pagamento para o governante ou para o funcionário público (seja ele ou não seja ele uma figura preposta do governante) que determina o pagamento.
O ato considerado crime de corrupção e o ato não considerado crime de corrupção podem variar em função das leis existentes e, portanto, depende do país em análise. Por exemplo, obter ajuda financeira de empresários para uma campanha política é um ato criminoso em países em que todos os valores gastos nas eleições necessariamente têm de vir de fundos públicos (de maneira a que grupos políticos mais ricos não possam fazer valer a sua riqueza para o convencimento dos eleitores em favor de suas teses). Em outros países, este ato de doação financeira pode ser considerado totalmente legal.
A corrupção política implica que as leis e as políticas de governo são usadas para beneficiar os agentes econômicos corruptos (os que dão e os que recebem propinas) e não a população do país como um todo. A corrupção provoca distorções econômicas no setor político , direcionando o investimento de áreas básicas como a educação, saúde e segurança para projetos em áreas em que as propinas e comissões são maiores, como a criação de estradas e usinas hidroelétricas. Além disso, a necessidade de esconder os negócios corruptos leva os agentes privados e públicos a aumentar a complexidade técnica desses projetos e, com isso, seu custo. Isto distorce ainda mais os investimentos. Por esta razão, a qualidade dos serviços governamentais e da infraestrutura diminui. Em contrapartida, a corrupção aumenta as pressões sobre o orçamento do governo. Em seguida, esta pressão se reflete sobre a sociedade com o aumento dos níveis de cobrança de impostos, taxas e tributos.
Países exportadores e países importadores de corrupção.
Não necessariamente os países em que há maior freqüência de agentes de corrupção passiva (isto é, que recebem propinas) também são os países em que existe maior freqüência de agentes de corrupção ativa (agentes que oferecem e dão propinas). Países com muitas empresas transnacionais têm maior probabilidade de ter agentes corruptores que agentes corruptos. Um país que recebe muitos investimentos internacionais interessados em um mercado ainda simétrico em termos concorrenciais pode ser um país com maior freqüência de agentes que se prestam a serem corrompidos. No entanto, em alguns países, a cultura da corrupção disseminou-se por todos os aspectos da vida pública o que torna mais ou menos impossível realizar e permanecer nos negócios sem dar propinas.

Sandra WaihrichTatit
Advogada
OAB / RS / Brasil
Pesquisa Internet

Sunday, January 27, 2008

O sonhador nunca perde a energia ... lindo poema __ GESTO TERNO__Poeta Daniel Cristal

O gesto terno

Até ao término, há sempre um grande amor,Ainda que vivas o Outono da mudança!Há sempre um resquício de chama e calorPronto a viver a alegria duma dança!
Fogoso é o sonhador! Nunca perde a energia...
Sim, é mais do que paixão o amor eternoContra o tempo implacável e volátil!Escolhas no arbítrio entre o céu e o inferno,Sentirás sempre a ansiedade do anulável!
Fogoso é o sonhador! Não perde o gesto terno...
Apelo-te à ternura contra a sujeição!Cumprimos já o duplo destino dos humanos:Fomos Fauno e Afrodite na sua condição!Fomos flamejantes, selvagens e ufanos!
Fogoso é o sonhador! Nunca perde esta magia...
Beijo sempre com fogo entre os lençóis de linho;Perdurante, o gesto terno todo o dia!Que queres mais, veranil amor, do que carinho?Não satisfaz o fogo eterno da energia?
Fogoso é o sonhador! Nunca perde o gesto terno...
SONETOS.com.br

Friday, January 25, 2008

Thursday, January 24, 2008

FELICIDADE REALISTA __ Mário Quintana __ escritor e poeta gaúcho


FELICIDADE REALISTA


A princípio bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos. Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis. Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas. E quanto ao amor? Ah, o amor... não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar a luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito. É o que dá ver tanta televisão. Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista. Ter um parceiro constante pode ou não, ser sinônimo de felicidade. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio. Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado. E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade. Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno. Olhe para o relógio: hora de acordar É importante pensar-se ao extremo, buscar lá d entro o que nos mobiliza, instiga e conduz, mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo. Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração. Isso pode ser
alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade.

Maysa Matarazzo __ Chão de Estrelas

JESUS MENSAGEIRO DA PAZ



ANDARILHO

Serei um andarilho no espaço
Sei o caminho que faço
Sei que sou capaz
E vou levar sempre a Paz.

Quero ser um mensagerio da Luz
Que a ELE conduz
E naquela estreita porta
Comigo alguém aporta.

Vamos sair da efemeridade
e viver a verdade
Vamos plantar uma semente
E levar muita gente

Empecilhos? vou encontrar
Mas à todos vou superar
Custe o que custar
Afinal...so a paz quero dar!!!!

Se me entendam ou não
Para mim não faz razão
Podem até meu corpo tirar
Mas a mente...vou usar!!!

Sei o caminho
E não estou sozinho
Mentes "evoluidas"
Estão comigo "unidas"

Quer chegar até JESUS?
Carregue sua cruz
Não adianta ficar à reclamar
Tem que o "verbo" usar....

Cada um tem seu livre arbitrio
Não "dá" pra seguir no "grito"
Não tem o "jeitinho Brasileiro"
E nem outro mais "maneiro"



Entrar no grupo:
castelodossonhos_-subscribe@yahoogrupos.com.br

Wednesday, January 23, 2008

O BÊBADO E A EQUILIBRISTA __ Elis Regina


Elis Regina em 1979 - Brasil

Caía a tarde feito um viaduto
E um bêbado trajando luto
Me lembrou Carlitos
A lua, tal qual a dona do bordel,
Pedia a cada estrela fria
Um brilho de aluguel
E nuvens, lá no mata-borrão do céu,
Chupavam manchas torturadas, que sufoco!
Louco, o bêbado com chapéu-coco
Fazia irreverências mil pra noite do brasil.
Meu brasil
Que sonha com a volta do irmão do Henfil.
Com tanta gente que partiu num rabo de foguete.
Chora a nossa pátria mãe gentil,
Choram Marias e Clarisses no solo do brasil.
Mas sei que uma dor assim pungente
Não há de ser inutilmente, a esperança
Dança na corda bamba de sombrinha
E em cada passo dessa linha pode se machucar
Azar, a esperança equilibrista
Sabe que o show de todo artista
Tem que continuar...

ELIS REGINA __ eminente cantora brasileira que merece destaque especial


17/03/1945 a 19/01/1982

Nasceu em Porto Alegre, e desde os 11 anos se apresentava na Rádio Farroupilha, cantando. Fez parte do elenco fixo da emissora, onde trabalhou por algum tempo.
Em 1959 assinou o primeiro contrato profissional, na Rádio Gaúcha, e no ano seguinte foi para o Rio de Janeiro, onde gravou o primeiro compacto, pela Continental.
Em 1961 a mesma gravadora lançou seu primeiro LP, "Viva a Brotolândia", com calipsos e rocks. Em seguida voltou para Porto Alegre, onde ficou até 1964, quando regressou definitivamente para o Rio. Cantou no Beco das Garrafas, reduto da bossa nova, onde teria aprendido com o bailarino americano Lennie Dale a célebre coreografia que lhe valeu o apelido de "Hélice Regina".
Contratada pela TV Rio, passa a trabalhar ao lado de Jorge Ben, Wilson Simonal e outros.
Tornou-se conhecida nacionalmente em 1965, ao sagrar-se vencedora do I Festival de Música Popular Brasileira da TV Excelsior, defendendo a música "Arrastão", de Edu Lobo e Vinicius de Moraes.
Em seguida gravou "Dois na Bossa" ao lado de Jair Rodrigues, com tal êxito que nos anos seguintes foram lançados os volumes 2 e 3.
Foi ao lado de Jair que apresentou um dos programas musicais mais importantes da música brasileira, O Fino da Bossa, estreado em 1965 na TV Record. O programa foi o responsável pelo lançamento de diversos artistas e sucessos, como "Canto de Ossanha" (Baden Powell/ Vinicius de Moraes), "Louvação" (Gilberto Gil/ Torquato Neto) e "Lunik 9" (Gil).
A partir daí a carreira solo de Elis decola. Seu disco "Elis", de 1966, traz "Canção do Sal", de Milton Nascimento, gravado aí pela primeira vez.
Elis foi a primeira intérprete a gravar músicas de alguns compositores que se tornariam consagrados, como Milton, Ivan Lins ("Madalena"), Tavito/ Zé Rodrix ("Casa no Campo") e Belchior ("Como Nossos Pais").
Participou de festivais e de movimentos político-musicais, como a "passeata contra as guitarras", que visava à preservação das "raízes" da MPB contra a invasão estrangeira.
Intensificou sua carreira no exterior em 1969, ano em que fez show nas principais capitais européias e latino-americanas.
Um de seus discos mais marcantes, "Elis e Tom" (com Tom Jobim), foi gravado em 1974 nos Estados Unidos, onde também tornou-se popular.
No ano de 1979 participou do Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, e gravou um de seus maiores sucessos, "O Bêbado e a Equilibrista", de Aldir Blanc e João Bosco, dupla que lhe forneceria inúmeros sucessos, como "Caçador de Esmeraldas", "Mestre-sala dos Mares", "Dois pra Lá, Dois pra Cá".
Outras interpretações que entraram para a história foram "Upa, Neguinho" (Edu Lobo/ G. Guarnieri), "Águas de Março" (Tom Jobim), "Ponta de Areia" (Milton Nascimento/ Fernando Brant), "Folhas Secas" (Nelson Cavaquinho/ Guilherme de Brito) e "Romaria" (Renato Teixeira).
Depois de sua morte, em 1982, decorrente de overdose de drogas, foram lançados discos com gravações inéditas e coletâneas.
Foi homenageada em 1995 no prêmio Sharp de música.
Seus filhos João Marcelo Bôscoli (com Ronaldo Bôscoli) e Pedro Camargo Mariano e Maria Rita(com César Camargo Mariano) também são músicos.

Tuesday, January 22, 2008

NE ME QUITTE PAS __ MAYSA __ UMA RELÍQUIA NA ARTE DA INTERPRETAÇÃO


Maysa Figueira Monjardim Matarazzo nasceu na cidade de São Paulo em 6 de junho de 1936. Morreu no Rio de Janeiro, vítima de um acidente na Ponte Rio-Niterói, em 22 de janeiro de 1977.
Cantora. Compositora. Membro de uma rica e tradicional família do Espírito Santo, aos 18 anos casou-se com André Matarazzo - um dos herdeiros da família Matarazzo (milionários industriais paulistas descendentes do Conde Matarazzo), 20 anos mais velho do que ela.
O envolvimento com a música, no entanto, veio muito antes, pois desde a adolescência já gostava de cantar em festas familiares, compor algumas músicas (aos 12 anos compôs o samba-canção "Adeus"), além de tocar piano. Em 1956, já grávida de seu único filho, Jayme (que se tornaria o diretor de telenovelas da Rede Globo e da Rede Manchete Jayme Monjardim), conheceu o produtor Roberto Côrte-Real que, encantado com sua voz, quis contratá-la imediatamente para gravar um disco.
Maysa pediu então que ele esperasse o nascimento de seu filho. Quando este completou um ano de idade, a cantora gravou o primeiro disco, lançado a 20/11/56 pela RGE, que então deixava de ser um estúdio de gravações de jingles publicitários para se tornar uma das mais importantes gravadoras brasileiras. Depois de dois anos de casamento, Maysa e André Matarazzo, que se opunha à carreira artística da esposa, se separaram. O fim do casamento abalou profundamente a cantora, levando-a à depressão. Mudou-se para o Rio de Janeiro, onde passou a se relacionar com a "turma da bossa nova". Namorou o produtor Ronaldo Bôscoli. A partir dessa época, começou a ter problemas com a bebida e a se envolver em casos amorosos explorados pela mídia. Conheceu seu segundo marido, o advogado espanhol Miguel Azanza, quando fazia uma temporada na Europa. Depois de se casar, fixou residência na Espanha. Separada de Azanza, teve relacionamento amoroso com o ator Carlos Alberto, e, depois, com o maestro Júlio Medaglia. Em janeiro de 1977, faleceu em um trágico acidente de automóvel na ponte Rio - Niterói, aos 41 anos, quando se dirigia ao município de Maricá, onde tinha uma casa, plantada nas areias, ao lado das residências do ator Carlos Alberto e do crítico Ricardo Cravo Albin. Foi precisamente dirigindo-se à casa desse último que sofreu (numa manhã de Sábado ensolarada) o desastre de carro que a vitimou, quase ao chegar à antiga capital fluminense.

Monday, January 21, 2008

COM O QUE TENS


COM O QUE TENS


Narram os versículos primeiros do capítulo 3 de
Atos dos Apóstolos, no Novo Testamento, que Pedro
e João subiram ao templo para orar.
Perceberam, ao lado da porta, um coxo de nascimento,
que era diariamente trazido, e ali deixado, a fim de esmolar.Ao ver os dois apóstolos por ele passarem, fez a sua rogativa.
Pedro pôs nele os olhos e lhe disse: "Olha para nós.”
O homem os olhou com atenção, ficando na expectativa
de que eles lhe dessem alguma coisa.Mas o velho apóstolo, passando as mãos ao longo da
túnica rústica, emocionado, falou:
"Não tenho prata nem ouro.”Na seqüência, distendeu os braços na direção do
mendigo e com os olhos marejados de sentidas lágrimas,
usou a voz embargada para falar:
"Mas o que tenho, isso te dou:
em nome de Jesus Cristo Nazareno, levanta-te, e anda.”Tomou-lhe da mão direita, levantou-o e imediatamente
as pernas se consolidaram, os pés se firmaram e
o coxo pôs-se a andar, exultando de felicidade.
Meditemos na profundidade da lição.
Pensemos em como seria o Mundo se todos os homens
estivessem resolvidos a dar o que possuem para a
edificação do bem geral.
Ainda hoje, muitos dizemos:
"Como poderei dar se não tenho?”
e outros: "Quando tiver, darei.”Contudo, para o serviço real do bem, não necessitamos,
em caráter absoluto, dos bens perecíveis da Terra.O homem generoso distribuirá dinheiro e utilidades
com os necessitados que encontre pelo caminho.Entretanto, se não realizou em si mesmo o sentimento
do amor, que é sua riqueza legítima, não fixará dentro
de si a luz e a alegria que nascem das dádivas.
Todos trazemos conosco as qualidades nobres
já conquistadas.
Não há ninguém tão pobre que não possa se dar.
Dar de si mesmo.Pedro ofereceu seu amor ao pedinte e lhe devolveu
o uso das pernas, o que o retirou, desde então,
da condição de mendigo.Curado, a possibilidade do trabalho e o conseqüente
ganho honrado se lhe abriram.Também nós podemos dar do que temos, agora, no
momento que se faz precioso.
Todos os que esperamos pelo dinheiro, pelas posses,
para contribuir nas boas obras, em verdade ainda nos
encontramos distantes da possibilidade de
ajudar a nós próprios.Doar-se é servir com desinteresse.
Dar das nossas horas, do nosso tempo, das nossas habilidades.
Há tanto para dar, desde que cada criatura, na Terra,
é depositária da enorme fortuna que angariou ao longo
dos séculos, nas várias vidas.
Fortuna que não se guarda em cofres ou casas bancárias,
mas se aloja na intimidade do coração e na lucidez da mente.* * *
O discípulo de Jesus que, na relação dos apóstolos,
é chamado Pedro chamava-se Simão.Ele nasceu em Betsaida, mas na época do seu encontro
com Jesus morava em Cafarnaum.Pedro é a forma masculina que em grego significa rocha.
Talvez por isto mesmo tenha recebido de Jesus, desde
o primeiro encontro, o apelido aramaico de Cefas,
que significa rocha.
(Texto com basenos versículos 1 a 8 cap. 3 de Atos dos apóstolos;
no cap. XXVI do livro Esquina de pedra, de Wallace Leal Rodrigues)

Sunday, January 20, 2008

NA BARCA DO CORAÇÃO


Na Barca do Coração

Quando as nuvens negras dos pensamentos tormentosos cobrirem
com escuro véu o horizonte de tuas esperanças e a barca de teu
coração agitar-se, desgovernada, sobre as ondas... Quando as obrigações diárias, as dificuldades e os problemas, as
surpresas - nem sempre agradáveis -, levarem-te a dizer: - Que dia!Lembra-te...Caía a tarde e a multidão ainda estava reunida na praia.Desde que o sol surgira, Jesus atendera as incontáveis súplicas
daqueles que O buscavam.
Mãos e lágrimas roçavam-Lhe o rosto e a túnica - antes tão limpa
e alva - e agora, toda manchada de lamentos.
Finalmente, chegara às margens do lago, vencendo a dor e as tristezas
dos sofredores.
Aqueles que O viram deixando atrás de Si um rastro confortador
de estrelas, perguntavam-se: - Quem será este Homem,
a Quem as dores obedecem? O céu acendia as cores da noite quando a barca de Pedro
recolheu a preciosa carga.Jamais Jesus mostrara na face sinais tão evidentes de cansaço.Acomodado sobre uma almofada de couro, Sua majestosa
cabeça pendeu sobre o peito, como um girassol real
despedindo-se ao poente.
Seus lábios deixaram escapar um longo suspiro antes de adormecer.Seus amigos pescadores não ousaram perturbar-Lhe o merecido
sono, manejando remos com cuidado, auxiliados pelos
sussurros de doce brisa.O lago de Genesaré assemelhava-se a gigantesco espelho de
prata ao luar, tranqüilo e sereno como o Mestre adormecido.Faltava pouco para completar a travessia, quando tudo transformou-se.O tempo irou-se, sem aviso. Adensadas, as nuvens de gaze leve
tornaram-se tenebrosa tempestade, e o lago esqueceu a calmaria,
encrespando-se, açoitado pelo vento.Para a barca, vencer a tormenta era como lutar contra vigoroso
e invencível Titã.
Pedro usou toda a sua força e sabedoria nos remos, gritando ordens
que se perdiam entre as gargalhadas dos trovões e dos relâmpagos.Os discípulos assustados correram a acordar Jesus que ainda dormia. Mestre! - exclamaram em coro desesperado - Perecemos!
Jesus, assim desperto, levantou-Se prontamente,
equilibrando o corpo cansado muito ereto, apesar da barca que
por pouco não naufragava.Sua majestosa silhueta parecia estar envolta em misteriosa luz, quando
ergueu os braços, ordenando à tempestade: Calai-vos!
E voltando-se para os amigos: - Acalmai-vos! Homens, onde está a vossa fé?Os ventos emudeceram e o lago baixou suas ondas, aplacado
por misterioso imperativo.Os discípulos olhavam-se, num misto de surpresa e alívio.Envergonhados, voltaram-se para os remos.
No compasso ritmado avançava a barca, ao compasso do coração
daqueles homens que se perguntavam:
Quem será este Homem, a Quem os ventos obedecem?

* * *
Quando as nuvens negras dos pensamentos tormentosos cobrirem
com escuro véu o horizonte de tuas esperanças, e a barca de
teu coração agitar-se, desgovernada, sobre as ondas...Quando as obrigações diárias, as dificuldades e os problemas,
as surpresas - nem sempre agradáveis - levarem-te a dizer: - Que dia! Lembra-te... Acorda a mensagem do Cristo adormecida em ti e...


Acalma-te!

* Recebi esta oração por e-mail de 'Castelo dos Sonhos" .

Friday, January 18, 2008

Tuesday, January 15, 2008

Ludwig van Beethoven


Músico alemão
Ludwig van Beethoven
16/12/1770 - Bonn, Alemanha
26/03/1827 - Viena, Áustria

O compositor Beethoven

"Escutar atrás de si o ressoar dos passos de um gigante". Esta foi a definição que o compositor Brahms deu à Nona Sinfonia de Beethoven, mas ela poderia ser aplicada à toda obra beethoveniana, uma das maiores de toda história da música.

Beethoven era alemão, mas seu nome de família mostra a ascendência holandesa. A palavra "bettenhoven" significa canteiro de rabanetes e é o nome de uma aldeia na Holanda. Já a partícula "van" é bastante comum nos nomes holandeses. Contudo o avô do compositor era originário da Bélgica e a família Beethoven estava há poucas décadas na Alemanha na época do nascimento de Ludwig.

O avô Beethoven trabalhava como diretor de música da corte de Colônia e era um artista respeitado. Seu filho, Johann, pai de Ludwig, o seguiu na mesma carreira, mas sem igual êxito. Johann, porém, percebeu que o pequeno Ludwig tinha talento e tratou de encaminhá-lo à carreira de músico. Contudo, fez isso de forma desastrosa, obrigando o filho a estudar muitas horas por dia e não raramente aplicando-lhe castigos físicos.

Ludwig deixou a escola com apenas 11 anos e aos 13, já ajudava no sustento da casa, trabalhando como organista, cravista, músico de orquestra e professor. Era um adolescente introspectivo, tímido e melancólico, freqüentemente imerso em devaneios.

Em 1784, Beethoven tornou-se amigo do jovem conde Waldstein, que notou o talento do compositor e o enviou para Viena, na Áustria, para que se tornasse aluno de Mozart. Mas tudo leva a crer que Mozart não lhe deu maior atenção, embora reconhecendo seu gênio. Em duas semanas, Beethoven voltou para Bonn. Começou então a fazer cursos de literatura, como uma forma de compensar sua falta de estudo. Teve contato com as fervilhantes idéias da Revolução Francesa e a literatura pré-romântica alemã de Goethe e Schiller. Esses ideais se tornariam fundamentais na arte de Beethoven.

Em 1792 Beethoven partiu definitivamente para Viena, novamente por intermédio do conde Waldstein. Dessa vez Ludwig havia sido aceito como aluno de Haydn - a quem chamaria de "papai Haydn". O mestre era afetuoso, mas um tanto descuidado, e Beethoven logo tratou de arranjar aulas com outros professores.

Seus primeiros anos vienenses foram tranqüilos, com a publicação de seu Opus 1, uma coleção de três trios, e a convivência com a sociedade aristocrática vienense, que lhe fora facilitada pela recomendação do conde. Era um pianista de sucesso e soube cultivar admiradores.

Surgiram então os primeiros sintomas da surdez. Em 1796, na volta de uma turnê, começou a queixar-se, e teve o diagnóstico uma congestão dos centros auditivos. Tratou-se com médicos e melhorou sua higiene, a fim de recuperar a boa audição. Escondeu o problema de todos o máximo que pôde.

Em 1802, por recomendação médica, foi descansar na aldeia de Heilingenstadt, perto de Viena. Em crise, escreveu o que seria o seu documento mais famoso: o "Testamento de Heilingenstadt". Trata-se de uma carta, originalmente destinada aos dois irmãos, que nunca foi enviada, onde ele reflete, desesperado, sobre sua arte e a tragédia da surdez.

O suicídio era um pensamento recorrente. O que o fez mudar de idéia foi encarar a música como uma verdadeira missão: "Foi a arte, e apenas ela, que me reteve. Ah, parecia-me impossível deixar o mundo antes de ter dado tudo o que ainda germinava em mim." Só em 1806, Beethoven revelou o problema, em uma frase anotada nos esboços do Quarteto no. 9: "Não guardes mais o segredo de tua surdez, nem mesmo em tua arte!".

Beethoven nunca se casou e sua vida amorosa foi uma sucessão de insucessos e de sentimentos não-correspondidos. Apenas viu realizado um amor correspondido, e sabemos disso através da "Carta à Bem-Amada Imortal", escrita em 1812. A identidade dessa mulher, porém, nunca ficou clara e suscitou muitas especulações. Um de seus biógrafos concluiu que ela seria Antonie von Birckenstock, casada com um banqueiro de Frankfurt.

Em 1815, o irmão de Ludwig , Karl, morreria deixando um filho de oito anos para ele e a mãe da criança cuidarem. Contudo, Beethoven lutou na justiça para ser seu único tutor e ganhou a causa, tendo que cuidar do sobrinho.

Beethoven passaria os anos seguintes em depressão, mas, ao sair dela em 1819, deu inicio a um período de criação de supremas obras-primas: as últimas sonatas para piano, as "Variações Diabelli", a "Missa Solene", a Nona Sinfonia e, principalmente, os últimos quartetos de cordas.

Foi em plena atividade, cheio de planos para o futuro (uma décima sinfonia, um réquiem, outra ópera), que ficou gravemente doente - pneumonia, além de cirrose e infecção intestinal. Morreu no dia 26 de março de 1827.

Beethoven é reconhecido como o grande elemento de transição entre o Classicismo e o Romantismo. Estudiosos costumam dividir a obra beethoveniana em três fases. A primeira incluiria as obras escritas entre 1792 e 1800. A segunda fase corresponderia ao período de 1800 a 1814, marcado pela surdez e pelas decepções amorosas. São características dessa fase obras como a sinfonia "Eroica", a "Sonata ao Luar" e os dois últimos concertos para piano. A última fase, de 1814 a 1827, ano de sua morte, seria o período das obras monumentais: a Nona Sinfonia, a "Missa Solene", os últimos quartetos de cordas.

A obra de Beetoven inclui uma ópera ("Fidelio"), música para teatro e balé, missas; sonatas; cinco concertos para piano, um para violino e um tríplice, para violino, violoncelo e piano; música de câmara (os quartetos de cordas) e nove sinfonias. A Sinfonia no. 3, "Eroica", foi planejada para ser uma grande homenagem a Napoleão Bonaparte. A Nona, talvez a obra mais popular de Beethoven, foi uma obra que marcou época. Sua grande atração é o final coral, com texto de
Schiller, a "Ode à Alegria".

MONA LISA __ Leonardo da Vinci __ Why so Famous ? ...

UM BREVE CONCEITO DE ARTE

Mona Lisa__ Leonardo da Vinci__ La Gioconda

Arte

O que é? ...

Palavra de origem latina,
"ars" significa técnica ou habilidade.
Segundo o dicionário Houaiss, "Arte" é a "produção consciente de obras,
formas ou objetos voltada para a concretização de um ideal,
de beleza e harmonia
ou para a expressão da subjetividade humana".
"Mona Lisa", de Leonardo da Vinci (1503-1506).
Museu do Louvre, França.
Mas é difícil definir exatamente o que é arte.
Não existe uma resposta acabada,
já que são muitas as concepções.
Mesmo assim, algumas produções humanas,
são facilmente identificadas como "obras de arte".
Para compreender uma obra de arte,
é preciso considerar o contexto em que ela foi produzida.
Ou seja, a arte é influenciada por um pensamento,
uma ideologia, uma época ou lugar.
Conceito relativo.
É interessante pensar que muitas obras admiradas,
haviam sido produzidas por comunidades,
que sequer consideravam aquela atividade como "Artística".
É o caso da arte egípcia, ou, mais próxima de nós, da arte indígena.
No Egito Antigo, a atividade plástica estava a serviço da religião,
cujas características eram politeísmo,
crença na imortalidade da alma e Juízo Final.
Os egípcios acreditavam que após a morte,
a alma voltaria para habitar o corpo ou algo que lembrasse o morto.
Por isso, desenhavam figuras nas paredes
das pirâmides para os faraós, dentro de casa, para os mais pobres.
É o que se chama "Arte Tumular".

ANTONIO-LAURENT LAVOISIER biografia

Químico, filósofo e economista francês
Antoine-Laurent Lavoisier
26/08/1743, Paris, França
8/05/1794, Paris, França


Antoine Lavoisier

"Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma". Com essa frase Lavoisier definiu, baseado em reações químicas, a famosa lei da conservação da matéria.

Com suas pesquisas e obras, o cientista francês revolucionou a imagem da química moderna - suas contribuições foram fundamentais. Ao publicar, com outros estudiosos, o "Método de Nomenclatura Química", provocou uma reforma radical na linguagem desse ramo da ciência - a terminologia criada por ele para as substâncias químicas é semelhante à que se usa nos dias atuais.

Seu "Tratado Elementar da Química" nivelou a química com a física, como ciência específica e quantitativa, distanciando-a definitivamente da alquimia. A obra tornou-se um clássico e logo foi traduzida para vários idiomas - isso em pleno século 18.

Antoine Lavoisier foi o primeiro a observar que o oxigênio, em contato com uma substância inflamável, produz a combustão. Pertence a ele a constatação de que a água é uma substância composta, formada por hidrogênio e oxigênio. Foi uma comprovação surpreendente para uma época em que a água era tida e aceita como substância simples, ou seja, impossível de se decompor.

Nessa pesquisa ele completou os estudos de John Priestley (1733-1804), químico inglês autor de experimentos pioneiros com gases, em especial o que hoje chamamos de oxigênio, e de Henry Cavendish (1731-1810), outro químico inglês, famoso por ter reconhecido o gás que atualmente é denominado hidrogênio.

Embora fosse brilhante, Lavoisier por vezes seguia os passos bem-sucedidos de outros pesquisadores e tentava englobar para si todo o mérito das descobertas. Quando estudante, ele declarou: "Sou jovem e ávido por glória".

Filho de família nobre, foi educado de forma tradicional. Formado em Direito, nunca exerceu a profissão: era fascinado pela ciência. Ganhou um prêmio, ainda na escola, ao iluminar as ruas de Paris. Criou um novo método para preparar salitre, um dos ingredientes da pólvora, além de descobrir que o diamante é uma forma cristalina do carbono.

Casou-se com Marie-Anne, uma garota belíssima, de apenas 13 anos - ela traduzia textos do inglês para o marido poder estudá-los e também ilustrou seus livros.

Uma das principais características do trabalho de pesquisa de Lavoisier era a freqüente utilização da balança: ele pesava tudo, todo o tempo. Isso o levou à descoberta da importância fundamental da massa da matéria em estudos químicos. Ao concluir que a soma das massas dos reagentes é igual à soma das massas dos produtos de uma reação, o cientista estabeleceu a Lei de Conservação das Massas.

Pesquisador convicto, Lavoisier acreditava na verdade testada e obtida em laboratório, não em suposições ou teorias. A revolução que ele causou na química foi resultado de um esforço consciente de provar várias experiências sob o enfoque de uma única teoria. Ele declarou: "Tentei chegar à verdade ligando fatos, seguindo o mais possível o rumo da observação e do experimento, suprimindo o mais possível o uso de deduções, o qual não costuma ser um instrumento digno de confiança e que nos decepciona".

Membro da Academia de Ciências na França e reconhecido como pai da moderna química, Lavoisier também era deputado, representante da nobreza de Blois, na região de Orléans. Em 1768, associou-se à Ferme Générale, organização de financistas que possuía um convênio com o rei francês para recolher impostos sobre um grande número de produtos comerciais.

Como o clero e a nobreza estavam isentos, isto é, não eram obrigados a pagar impostos, estes eram cobrados em triplo sobre as classes sociais inferiores, que viviam esmagadas com o peso das taxas e tributos, num sistema opressivo e corrupto.

O clima político e social da França era conturbado, antecipando a revolucão que viria depois. A ligação de Lavoisier com a Ferme Générale e seu envolvimento com os nobres e a Monarquia eram malvistos pela população e lhe trouxeram a fama de corrupto. Caiu em desgraça na Revolução Francesa, iniciada em 1789. Lavoisier foi preso e acusado de desvio de dinheiro público. Julgado culpado, foi guilhotinado, aos 51 anos de idade.

Monday, January 14, 2008


ABRINDO E FECHANDO PORTAS para sua reflexão


É preciso saber sempre quando se acaba uma
etapa da vida.
Se insistimos em permanecer nela, depois do tempo necessário, perderemos a alegria e o sentido do resto.
Fechando círculos, fechando portas ou fechando capítulos, como queira chamar, o importante é poder fechá-los, deixar ir momentos da vida que se vão enclausurando. Terminou seu trabalho?
Acabou a relação?
Já não mora mais nessa casa? Deve viajar?
A amizade acabou?
Você pode passar muito tempo do seu presente dando voltas ao passado, tentando modificá-lo...
O desgaste será infinito, porque na vida, você, seus amigos, filhos, irmãos, todos estamos destinados a fechar capítulos, virar páginas, terminar etapas ou momentos da vida, e seguir adiante.
Não podemos estar no presente
sentindo falta do passado. O que aconteceu, aconteceu.
Não podemos ser filhos eternamente, nem adolescentes eternos, nem empregados de empresas inexistentes, nem ter vínculos com quem não quer estar vinculado a nós.
Os acontecimentos e as pessoas passam por nossas vidas e temos que deixá-los ir! Por isso, às vezes é tão importante esquecer de lembrar, trocar de casa, rasgar papéis, jogar fora presentes desbotados, dar ou vender livros...
Na vida ninguém joga com cartas marcadas,
e a gente tem que aprender a perder e a ganhar.
O passado passou: não espere que o devolvam.
Também não espere reconhecimento,
ou que saibam quem você é.
A vida segue para frente, nunca para trás.
Se você anda pela vida deixando portas "abertas", nunca poderá desprender-se, nem viver o hoje com satisfação.
Casamentos, namoros ou amizades que não se fecham, possibilidades de "regresso" (a quê?), necessidade de esclarecimentos,
palavras que não foram ditas, silêncios...
Fazer a faxina emocional e arrumar espaço
nas gavetas do futuro para o novo. Não por orgulho ou soberba, mas porque você já
não se encaixa alí, naquele lugar, naquele coração, naquela casa, naquele escritório, naquele cargo...
Você já não é o mesmo que foi há dois dias, há três meses, há um ano... portanto, nada tem que voltar.
Feche a porta, vire a página, feche o círculo! Você nunca será o mesmo, e nem o mundo à sua volta, porque a vida não é estática.
Faz bem à saúde mental cultivar o amor por você mesmo, desprender-se do que já não está em sua vida.
Lembre-se de que nada, nem ninguém, é indispensável... É um trabalho pessoal aprender a viver com o que dói, deixar-se ir e aprender a desprender-se.
E isso o ajudará definitivamente a seguir
para a frente com tranqüilidade.
Essa é a vida que todos precisamos aprender a viver...
"E assim, se alguém está em Cristo, nova criatura é.
As coisas velhas já passaram.
Eis que tudo se fez novo."
*Recebi este belíssimo texto por e-mail , da amiga Magda de Minas Gerais , se alguém souber a autoria do mesmo , favor enviar-me : sandrawaihrich@yahoo.com

NÃO EXISTE IMPOSSÍVEL PARA DEUS , UMA PALAVRA DE AMOR , ESPERANÇA E FÉ

O Poder da Oração


'Não existe o impossível para Deus'

Mat 21:22 - "... e tudo o que pedirdes na oração, crendo, recebereis."
Uma pobre senhora, com visível ar de derrota estampado no rosto, entrou num armazém, se aproximou do proprietário conhecido pelo seu jeito grosseiro, e lhe pediu fiado alguns mantimentos. Ela explicou que o seu marido estava muito doente e não podia trabalhar e que tinha sete filhos para alimentar.
O dono do armazém zombou dela e pediu que se retirasse do seu estabelecimento. Pensando na necessidade da sua família ela implorou:
- "Por favor senhor, eu lhe darei o dinheiro assim que eu tiver...".
- Ele lhe respondeu que ela não tinha crédito e nem conta na sua loja.
Em pé no balcão ao lado, um freguês que assistia a conversa entre os dois se aproximou do dono do armazém e lhe disse que ele deveria dar o que aquela mulher necessitava para a sua família, por sua conta.
- "Você tem uma lista de mantimentos?"
- "Sim", respondeu ela.
- "Muito bem, coloque a sua lista na balança e o quanto ela pesar, eu lhe darei em mantimentos"! A pobre mulher hesitou por uns instantes e com a cabeça curvada, retirou da bolsa um pedaço de papel, escreveu alguma coisa e o depositou suavemente na balança.
Os três ficaram admirados quando o prato da balança com o papel desceu e permaneceu embaixo. Completamente pasmado com o marcador da balança, o comerciante virou-se lentamente para o seu freguês e comentou contrariado:
- "Eu não posso acreditar!".
O freguês sorriu e o homem começou a colocar os mantimentos no outro prato da balança. Como a escala da balança não equilibrava, ele continuou colocando mais e mais mantimentos até não caber mais nada.
O comerciante ficou parado ali por uns instantes olhando para a balança, tentando entender o que havia acontecido... Finalmente, ele pegou o pedaço de papel da balança e ficou espantado, pois não era uma lista de compras e sim uma oração que dizia: "Meu Senhor, o Senhor conhece as minhas necessidades e eu estou deixando isto em Suas mãos..."
O homem deu as mercadorias para a pobre mulher no mais completo silêncio, que agradeceu e deixou o armazém.O freguês pagou a conta e disse:
"Valeu cada centavo.."
Só Deus sabe o quanto pesa uma oração...
Quando você receber esta mensagem, faça uma oração, peça a Deus por seus sofrimentos, por suas necessidades, pela falta de um emprego, por uma pessoa especial doente, por alguma enfermidade, e se não tiver nada a pedir, agradeça pelas bênçãos que recebemos todos os dias. É só isso o que você deve fazer.
Não há mais nada anexado. Isto é poder! Então encaminhe esta mensagem para algumas pessoas com as quais você se importe.
Se DEUS falou ao seu coração, abençoe alguém, enviando-lhe esta fantástica lição!
Não existe impossível para DEUS!
ELE DIZ: - "EU SUPRIREI TODAS AS SUAS NECESSIDADES" (Filipenses 4:19).
Jamais desista daquilo que você realmente quer.
A pessoa que tem grandes sonhos é mais forte do que aquela que possui todos os fatos"

http://www.ministeriocomfamilias.com.br/
Belo Horizonte __ Minas Gerais .

Saturday, January 12, 2008

SAUDADE

Saudade
você tem coisas que eu não posso entender
Saudade
minha vontade na vida é esquecer de você
na vida tudo se acaba
o que é belo também chega ao fim
Saudade
que o trilho maltrata
parte para longe de mim
você é tudo Saudade
tudo que a gente quer
é vela branca perdida nas ondas verdes do mar
você é tudo na vida
que a gente sente mas não vê
velha Saudade responde
Saudade
a vida é você !

NÃO DÁ PARA ESQUECER

Não dá para esquecer

Mesmo que a distância persista
mesmo que o tempo nos separe
nunca vou conseguir te esquecer
Jamais vou esquecer porque vivi
num segundo um mundo de magia
ternura, amizade, carinho e poesia
Eu não vou te esquecer
porque sei que o dia em que tudo for saudade
ainda assim saberei que muito amei
Amei com loucura, desejo, paixão
e senti cada minuto deste amor que hoje abraça minha solidão
Amei e sempre vou me lembrar porque amo o amor que em ti amei
intenso ... mais do que um dia imaginei
Durou o tempo da declaração de prazer
sussurrada no corpo do livro sem letras
Amor imenso assim...
não dá pra esquecer
Autora: Graça Ribeiro

POUR MON COEUR ATTRISTÉ ! __ Philippe Brat

THE PROMETEUS __ A Revolução da Mídia __ Vídeo com Previsão Sobre o Futuro da Mídia

ENTÃO BRILHARÁ A FELICIDADE E O CANTO QUE ERA SAUDADE , RENASCERÁ !

Thursday, January 10, 2008

O SENTIDO DA VIDA


O SENTIDO DA VIDA...

A vida começa a ter sentido
quando nos olhamos no espelho
e sentimos um amor incondicional...
Um carinho todo especial...
Quando aprendemos a nos conhecer
sempre pensar em melhorar...
Quando vemos o tempo passar
e nossos olhinhos a brilhar
da alegria imensa de viver...
Aí, munidos de amor ,
estendemos a mão para ajudar a andar o nosso irmão...
Quando sentimos na respiração
toda a capacidade do nosso pulmão...
Quando andamos pela estrada da vida
de mãos dadas com a pessoa mais querida...
Quando o romance é um grande ingrediente
para todas as refeições da nossa mente...
Quando tudo ao nosso redor
começa a nos inspirar...
O céu estrelado e o mais lindo luar...
Quando aprendemos a nos perdoar
deixando para trás tudo o que nos fez magoar...
Quando arregaçamos as mangas do tempo
e plantamos os mais lindos sentimentos...
Quando banimos do nosso Universo
a raiva, a tristeza, o medo...
a violência e a corrupção
dando lugar ao coração
espaço total para a felicidade...
Sejamos mensageiros de alegria
deixando um rastro de euforia
quando andando pela vida...
Assuma 100% a responsabilidade da sua vida
para quando o fim chegar
você a terá cumprido...
Se atiram pedras em você
tenha flexibilidade para se proteger...
Você não precisa aceitar
um presente que não desejar....
Ousemos muito! Sejamos vencedores...
Aprendamos a alimentar o corpo físico
a emoção e nossa alma com valores verdadeiros...
Uma alma alimentada nos anima
é forte e decidida...
Cuidemos das nossas palavras
a vida nos dá de volta o que enviamos...
Andemos seguros do que queremos...
Somos imagem e semelhança de Deus
que é perfeição absoluta...
Vamos imitar os que conquistaram o céu...
Vamos viver com retidão...
Vamos alimentar com muito amor no coração...
Aí a vida terá sentido, então...
Tenha o ano mais lindo da sua vida!

*Recebi este poema da professora e amiga ,'Lúcia Helena Iensen Desconzi' , pelo qual agradeço de coração , um abraço , Sandra

O VALOR DA GENTILEZA __ PPS

PAZ NO MUNDO

O PODER CURATIVO DA MÚSICA MUSICOTERAPIA


Música e Saúde


Gerson Gorski Damaceno e Ana Maria N. Gorski Damaceno
A música serve de terapia para todas as idades. Contribui para o bem estar geral do organismo e para a saúde plena do indivíduo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) formulou em 1946 a seguinte definição de saúde:“A saúde é um estado de total bem estar físico, psíquico e social e não apenas a ausência de doenças ou debilidade. Gozar da melhor saúde possível é direito de todo homem, independente de raça, religião, convicção política ou situação econômica e social.”
Meditando sobre essa definição, percebemos o quanto a música contribui para esse bem estar físico, psíquico e social. A cura milagrosa das doenças psíquico-somáticas por meio da música tem aumentado em número e grau. Sabemos que nenhum ser humano é uma ilha, e, a integração social é importantíssima desde tenra idade. Alguns indivíduos já são extrovertidos por natureza, outros mais tímidos e retraídos, nesses casos a música serve como um elo entre eles e os demais. Por meio das apresentações em público nas escolas, igrejas, clubes, salões de eventos, conservatórios e teatros, esses indivíduos vão vencendo a timidez, tornando-se mais sociáveis, felizes, crescendo sua alta estima, levando assim a uma saúde proporcionalmente mais completa.
O prazer em fazer e executar música torna-se o “centro encefálico da felicidade” que contribui para a saúde dos executantes e ouvintes que recebem esses fluídos sonoros e agradáveis. Desde tenra idade a criança começa a emitir sons musicais, mesmo antes de balbuciar as primeiras palavras. Ela reage positivamente a canções de ninar e pequenas canções folclóricas e as aprende antes de conhecer todos os sentidos das palavras e conseguir emiti-las completamente e perfeitamente.
Nós sabemos que pessoas de classe social mais baixa possuem menor expectativa de qualidade de vida do que pessoas de classe social mais alta, porém, encontramos nessa classe humilde, grandes músicos compositores que por meio da música se tornaram famosos encontrando o sentido de uma vida mais saudável e feliz. Outros, ao contrário, não sabendo utilizar a relação positiva entre a música e a saúde, deixaram-se perder na boemia da noite e alcoolismo, perecendo prematuramente.
Uma maneira agradável de conquistar a saúde é por meio da música clássica ou erudita, pois, equilibra o sistema nervoso, desfaz o estresse, regulando as batidas do coração. A descontração e o relaxamento total ao executar ou apreciar uma peça musical é uma experiência que favorece a capacidade de sentir prazer, alegria e felicidade que proporciona bem estar e saúde emocional, refletindo e contribuindo para a saúde geral do indivíduo.
Normalmente as pessoas de espírito positivo, que amam o que fazem, que reservam parte de seu tempo para o crescimento cultural, emocional, espiritual e para o condicionamento físico e lazer, são pessoas que vivem mais, sempre felizes e com boa saúde. Quando é desenvolvido o dom da música, ela permite a criatividade, liberdade de expressão, igualdade entre as classes sociais, maior calor nos relacionamentos humanos, maior dignidade e respeito pelo próximo, maior amor às artes e ao ser humano.
Infelizmente constatamos que muitas vezes a música é usada com fins egoístas, amparados pelo ciúme e a inveja e outros gostam fazem e apóiam a música com fins destrutivos, pois, são contrárias às batidas do coração que tem efeito de drogas como maconha, cocaína, heroína e outras, como no caso de músicas com excesso de síncopes e dissonâncias usando volume exageradamente alto contribuindo para destruir as células nervosas do ouvido.
Todos os seres humanos foram dotados de livre arbítrio, ou seja, livre escolha. Somos livres para escolher o que comer, o que ler, o que estudar, o que ouvir, o que ver, enfim o que fazer. Normalmente colhemos logo os resultados de nossa escolha: se escolhermos bem, seremos pessoas vitoriosas, felizes, realizadas e com saúde; se escolhemos mal, seremos pessoas fracassadas, infelizes, frustradas e doentes. Que escolha você quer fazer…?
Lembre-se que a vida parece ter sentido quando existem objetivos, quando ela dispõe de valores essenciais, os quais podem ser encontrados na filosofia, moral, patriotismo, religião e obras sociais, e, também quando as pessoas se sentem valiosas e importantes na sociedade. Nesse caso, entra a música que aumenta a auto-estima, a memória, a coordenação motora e o entrosamento do indivíduo na sociedade, colaborando assim para uma formação e informação organizada, harmoniosa e saudável.

Wednesday, January 09, 2008

O QUE EU TENHO NÃO ME PERTENCE


O que eu tenho não me pertence, embora faça parte de mim. Tudo o que sou me foi um dia emprestado pelo Criador para que eu possa dividir com aqueles que entram na minha vida.
Ninguém cruza nosso caminho por acaso e nós não entramos na vida de alguém sem nenhuma razão. Há muito o que dar e o que receber; há muito o que aprender, com experiências boas ou negativas.
isso...tente ver as coisas negativas que acontecem com você como algo que aconteceu por uma razão precisa. E não se lamente pelo ocorrido; além de não servir de nada reclamar, isso vai te vendar os olhos, dificultando assim, continuar seu caminho.
Quando não conseguimos tirar da cabeça que alguém nos feriu, estamos somente reavivando a ferida,tornando-a muitas vezes bem maior do que era no início. Nem sempre as pessoas nos ferem voluntariamente.
Muitas vezes somos nós que nos sentimos feridos e a pessoa nem mesmo percebeu; e nos sentimos decepcionados porque aquela pessoa não correspondeu às nossas expectativas.
E sabemos lá quais eram as nossas expectativas?Nos decepcionamos e decepcionamos outras pessoas também.
Mas, claro, é bem mais fácil pensar nas coisas que nos atingem.
Quando alguém te disser que te magoou sem intenção, Acredite nela! Vai te fazer bem. Assim, talvez, ela poderá entender quando você, sinceramente, disser que "foi sem querer".
Dê de você mesmo o quanto puder! Sabe, quando você se for, a única coisa que vai deixar é a lembrança do que fez aqui. Seja bom, tente dar sempre o primeiro passo para a reconciliação, nunca negue uma ajuda ao seu alcance, perdoe e dê de você mesmo.
Seja uma bênção a todos que o cercam! Deus não vem em pessoa para abençoar, Ele usa os que estão aqui dispostos a cumprir essa missão.
Todos nós podemos ser Anjos. A eternidade está em nossas mãos.Viva de maneira honrada, para que quando envelhecer, você possa falar só coisas boas do passado e sentir assim, prazer uma segunda vez...
E ter a certeza de que quando você se for, muito de você ainda fique naqueles que tiveram a boa ventura de te encontrar.



* Recebi este texto por e-mail , muito interessante , sem autoria . Se alguém souber o outor , me mande se for possível .

CISNES

A vida ...

manso lago azul
algumas vezes
algumas vezes mar fremente
tem sido para nós constantemente
um mar sem ondas e sem espumas
e sobre ele
quando desfazendo as brumas matinais
romper um sol vermelho e e quente
nós dois vagamos indolentemente
como dois cisnes de alvacentas plumas
um dia um cisne morrerá por certo
e quando chegar este momento incerto
que talvez a água se tisne
que o cisne vivo cheio de saudade
nunca mais cante nem nada nunca
ao lado de outro cisne !
Júlio Salusse

Tuesday, January 08, 2008

A DOR E O PRAZER

No coração há dois quartos
moram alí , sem se ver
num a dor no outro o prazer...
quando o prazer acorda em seu quarto
cheio de ardor...
no seu , adormece a dor
cuidado prazer , cautela ...
não vá a dor acordar !

Monday, January 07, 2008

Saturday, January 05, 2008

DESIDERATA __ Max Ehrmann


Siga tranqüilamente entre a inquietude e a pressa, lembrando-se de que há sempre paz no silêncio. Tanto quanto possível sem humilhar-se, mantenha-se em harmonia com todos que o cercam.Fale a sua verdade, clara e mansamente.Escute a verdade dos outros, pois eles também têm sua própria história.Evite as pessoas agitadas e agressivas: elas afligem o nosso espírito. Não se compare aos demais, olhando as pessoas como superiores ou inferiores a você: isso o tornaria superficial e amargo.Viva intensamente os seus ideais e o que você já conseguiu realizar.Mantenha o interesse no seu trabalho, por mais humilde que seja,ele é um verdadeiro tesouro na continua mudança dos tempos.Seja prudente em tudo o que fizer, porque o mundo está cheio de armadilhas. Mas não fique cego para o bem que sempre existe.Em toda parte, a vida está cheia de heroísmo.Seja você mesmo.Sobretudo, não simule afeição e não transforme o amor numa brincadeira, pois, no meio de tanta aridez, ele é perene como a relva.Aceite, com carinho, o conselho dos mais velhos e seja compreensivo com os impulsos inovadores da juventude.Cultive a força do espírito e você estará preparado para enfrentar as surpresas da sorte adversa. Não se desespere com perigos imaginários: muitos temores têm sua origem no cansaço e na solidão.Ao lado de uma sadia disciplina conserve, para consigo mesmo, uma imensa bondade.Você é filho do universo, irmão das estrelas e árvores, você merece estar aqui e, mesmo se você não pode perceber, a terra e o universo vão cumprindo o seu destino.Procure, pois, estar em paz com Deus, seja qual for o nome que você lhe der. No meio do seu trabalho e nas aspirações, na fatigante jornada pela vida, conserve, no mais profundo do seu ser, a harmonia e a paz.Acima de toda mesquinhez, falsidade e desengano, o mundo ainda é bonito.Caminhe com cuidado, faça tudo para ser feliz e partilhe com os outros a sua felicidade".
* Poema retirado de um techo encontrado numa velha Igreja de 'Saint Paul' , Baltimore , datado de 1692 .
Autor : Max Ehrmann